Produção, decomposição e ciclagem de nutrientes em resíduos de crotalária e milheto, cultivados solteiros e consorciados

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-10-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção de fitomassa e as taxas de decomposição e liberação de macronutrientes e de silício, nos resíduos vegetais de crotalária (Crotalaria juncea) e milheto (Pennisetum glaucum), em cultivo solteiro e consorciado. Utilizou-se o delineamento em blocos ao acaso, com quatro repetições, em arranjo fatorial constituído por três tipos de cobertura vegetal - milheto, crotalária e consórcio entre as espécies - e seis épocas de coleta - 0, 18, 32, 46, 74 e 91 dias após o manejo (DAM). O milheto apresenta maior produção de matéria seca e acumula mais N, P, K, Mg, S, C e Si, enquanto a crotalária acumula maior quantidade de Ca. A fitomassa do milheto apresenta as maiores taxas de decomposição e de liberação de nutrientes. Essas taxas são mais intensas entre 0 e 18 DAM. Com o transcorrer do tempo, as relações C/N, C/P e C/S aumentam e a relação C/Si, bem como a taxa de decomposição da fitomassa, diminui. O potássio é o nutriente de liberação mais rápida, e o silício apresenta a menor taxa de liberação.

Resumo (inglês)

The objective of this work was to evaluate the biomass production and the rates of decomposition and macronutrient and silicon release on crop residues of sunnhemp (Crotalaria juncea) and pearl millet (Pennisetum glaucum), in monocropped and intercropped systems. A randomized complete block design was used, with four replicates in a factorial arrangement consisting of three cover crops - pearl millet, sunnhemp, and these species intercropped - and six sampling times - 0, 18, 32, 46, 74, and 91 days after management (DAM). Pearl millet produces a greater amount of dry matter and accumulates more N, P, K, Mg, S, C, and Si, whereas sunnhemp accumulates more Ca. Pearl millet phytomass has the highest rates of decomposition and nutrient release. These rates are higher between 0 and 18 DAM. Over the time, the C/N, C/P and C/S ratios increase, and the C/Si ratio, as well as the decomposition rate, decreases. Potassium is the most rapidly released nutrient, and silicon has the lowest release rate.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Pesquisa Agropecuária Brasileira. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Informação TecnológicaPesquisa Agropecuária Brasileira, v. 47, n. 10, p. 1462-1470, 2012.

Itens relacionados

Financiadores