Composição florística e fitossociológica de três fragmentos de floresta ribeirinha em Ajapi, Rio Claro - SP

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011

Autores

Rosa, Thaís Helena de Oliveira [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A vegetação ribeirinha é conhecida como o conjunto de formações que se encontram associadas aos corpos d’água, ocorrendo ao longo dos cursos d’água e no entorno de nascentes, formando um mosaico vegetacional. É de vital importância na proteção de mananciais, controlando a chegada de nutrientes, sedimentos e a erosão de ribanceiras, atua na estabilidade térmica e abastece o lençol freático a partir da contenção de águas pluviais, além de exercer um papel fundamental como corredores ecológicos de fluxo gênico animal e vegetal. No Brasil, há legislação que protege tais áreas, entretanto, estas vem sofrendo sistemática degradação por desmatamento, despejo de esgotos domésticos e industriais, canalização e desvio de cursos d’água. O estudo presente teve como objetivo caracterizar a florística e a estrutura fitossociológica de três fragmentos do ambiente ribeirinho localizados na Fazenda Água Branca, em Ajapi, Rio Claro - SP. Através de parcelas de 10x10m, foram amostrados todos os indivíduos com PAP ≥ 10cm. Foram estabelecidas 16 parcelas na vegetação ribeirinha com influência fluvial sazonal ao longo do Ribeirão Claro, tratadas no trabalho como floresta ciliar. Foram estabelecidas 14 parcelas distribuídas em dois fragmentos de vegetação ribeirinha com influência fluvial permanente, tratadas ao longo do trabalho como floresta paludosa. Na mata ciliar, foram amostrados 316 indivíduos, pertencentes a 32 famílias, distribuídos em 74 espécies. As espécies mais importantes foram: Syzygium cuminii, Esenbeckia febrifuga e Croton urucurana. As famílias com maior riqueza foram: Myrtaceae, Fabaceae, Euphorbiaceae e Meliaceae. O índice de diversidade (H’) encontrado foi 3,62; valor esperado para Florestas Estacionais Semideciduais. Na mata paludosa, foram amostrados 469 indivíduos, pertencentes a 34 famílias, distribuídos em 60 espécies... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo)

Descrição

Palavras-chave

Ecologia vegetal, Pantanos, Comunidades vegetais, Mata ciliar, Rio Claro (SP), Ribeirão Claro, Rio (SP), Fazenda Água Branca (Rio Claro, SP)

Como citar

ROSA, Thaís Helena de Oliveira. Composição florística e fitossociológica de três fragmentos de floresta ribeirinha em Ajapi, Rio Claro - SP. 2011. 73 f. Trabalho de conclusão de curso (Ecologia) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2011.