Avaliação da hematologia, morfologia intestinal e desempenho de tilápias-do-nilo (Oreochromis niloticus) suplementadas com β-glucano e submetidas a estresse de manejo

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-05-11

Autores

Franco, Camila Santos

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O desenvolvimento da tilapicultura traz consigo a preocupação com a saúde dos animais, já que a intensificação da produção causa estresse que atinge o sistema imune do animal. Na tentativa de diminuir a imunossupressão, tem se tornado frequente a utilização de imunoestimulantes na dieta, em especial o β-glucano. O experimento apresentado buscou analisar parâmetros hematológicos, morfologia intestinal e desempenho de tilápias-do-Nilo alimentadas com β-glucano e desafiadas com manejos estressantes. Realizado nas dependências da FCAT - UNESP/Dracena, o experimento utilizou 408 tilápias juvenis, distribuídas em 24 caixas, com a densidade de 17 peixes por caixa, submetidos a 8 tratamentos, onde C15, C15D, C30 e C30D, receberam dieta controle por 15 e 30 dias, sendo C15D e C30D desafiados com manejos estressantes aos 14 e 29 dias. Já os tratamentos β15, β15D, β30 e β30D, receberam dieta experimental (1 g kg-1 de β-glucano), nos quais β15D e β30D foram desafiadas com manejos estressantes aos 14 e 29 dias. As coletas ocorreram aos 15 e 30 dias, e em cada procedimento foi realizado a biometria dos animais, coleta de sangue e das porções anteriores e posteriores do intestino, além de avaliações de desempenho zootécnicos que eram realizadas diariamente. Para os parâmetros hematológicos, foram determinados a porcentagem de hemácias no sangue por meio de centrifugação dos capilares, o número de eritrócitos pela câmara de Neubauer, concentração de hemoglobina, número de células total e diferencial em extensões sanguíneas. Em relação aos parâmetros histológicos, as partes do intestino passaram por desidratação em álcool e fixação em xilol, logo após foram inclusos em parafina, cortados no micrótomo com espessura de 7 μm, e corados em hematoxilina eosina para a microscopia de luz. O desempenho zootécnico foi avaliado por cálculos de ganho de peso, taxa de crescimento específico, consumo alimentar diário, conversão alimentar, taxa de eficiência proteica e fator de condição. As análises estatísticas foram comparadas pelo Teste de Tukey a 5%. As variáveis expressas no trabalho, não apresentaram resultados significativos, apenas alterações nas médias histológicas intestinais e hematológicas. Concluindo que o β-glucano não causou nenhuma mudança nas variáveis analisadas.
The development of tilapia aquaculture brings concerns about the health of the animals, given that the production intensification can cause stress which affects the animals' immune system. In the attempt to mitigate immunosuppression, has become common the use of immunostimulants in the diet. The stated experiment aimed to analyze hematological parameters, intestinal morphology and the performance of Nile tilapia fed with β-glucan and challenged with stressful management. Conducted at the FCAT-UNESP/Dracena facilities, the experiment used 408 juvenile tilapias, distributed in 24 boxes, with a density of 17 fish per box subjected to 8 treatments, where C15, C15D, C30, and C30D, received the control diet for 15 and 30 days, being C15D and C30D subjected to stressful management at 14 and 29 days. The β15, β15D, β30 and β30D treatments received an experimental diet (1g kg-¹ of β-glucan) where β15D and β30D were subjected to stressful management at 14 and 29 days. The collection occurred at 15 and 30 days, and in each procedure was realized the biometry of the animals, blood collection and collection of the anterior and posterior portions of the intestine, as well as daily evaluations of zootechnical performance. For the hematological parameters, were determined the percentage of red blood cells in the blood using capillary centrifugation, the number of erythrocytes using a Neubauer chamber, hemoglobin concentration, total number of cells and differential cell count. In relation to the histological parameters, the intestinal sections passed by dehydration in alcohol and fixed in xylene, right after were included in paraffin, cut in the microtome with 7 μm-thick sections, then stained with hematoxylin and eosin for light microscopy. The zootechnical performance was evaluated by calculating weight gain, specific growth rate, daily food consumption, food conversion, protein efficiency rate and the conduction factor. The statistical analysis were compared by the Tukey's range test at 5%. The variables expressed in this study did not show significant differences, only changes in average intestinal histology and hematology. We conclude that β-glucan did not cause any significant changes in the analyzed variables.

Descrição

Palavras-chave

Imunoestimulante, Imunidade, Estressores, Peixe, Histology, Immunity, Weight gain, Cells

Como citar