Rio 2016: viva a paixão de ser atleta

Imagem de Miniatura

Data

2010

Autores

Valle, Ícaro Oliveira do [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Nesta pesquisa estudaremos o esporte com o foco sobre todo o processo de preparação das Olimpíadas Rio 2016. Analisaremos a mobilização popular e os aspectos que envolvem a adesão em um movimento que envolve todo o país, de modo geral, e a preparação da cidade sede, de modo específico, com as transformações realizadas tanto no âmbito social quanto estrutural. Cartografaremos as marcas do empenho do governo para investir na transformação dos valores sociais durante as Olimpíadas, bem como a apropriação do esporte com o objetivo de fabricar um legado. Identificaremos como as marcas da integração entre os povos e do sentimento de pertença dos cidadãos cooperam para os processos de subjetivação na sociedade contemporânea. Observaremos os efeitos de sentido ocorridos na divulgação do slogan Olímpico como uma forma de compreender o significado dessa Olimpíada em suas relações com a cultura. Partimos da hipótese de que a produção da “paixão de ser atleta” tem seu sentido ampliado para a sugestão massiva de estilos de vida. Assim, estabelecemos uma fronteira entre os “efeitos de sentidos” e os “efeitos de imagens” nos múltiplos usos do slogan olímpico. Na constituição do corpus de nossa pesquisa contemplaremos possíveis relações entre a preparação da Copa do Mundo e a preparação dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Nosso estudo se situa no campo dos estudos sobre as relações entre o esporte e os processos de subjetivação na sociedade atual.

Descrição

Palavras-chave

Olimpiadas - Rio de Janeiro, Olimpíadas - Preparação para o evento

Como citar

VALLE, Ícaro Oliveira do. Rio 2016: viva a paixão de ser atleta. 2010. 28 f. Trabalho de conclusão de curso (licenciatura - Educação física) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2010.