Relações filogenéticas e história evolutiva do gênero Astyanax (Teleostei: Characidade), com base em caracteres moleculares

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-03-01

Autores

Pozzobon, Allan Pierre Bonetti [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O gênero Astyanax é um dos maiores, mais complexo e bem distribuído entre os gêneros de peixes de água doce da região Neotropical. Sua amplitude ocorrendo desde o sul da América do Norte até a região central da Argentina, faz com que ele se encontre em uma grande quantidade de ambientes diferenciados impossibilitando, muitas vezes, o fluxo genético, isolando populações e espécies. Dados morfológicos, citogenéticos e moleculares estão sendo levantados, entretanto a taxonomia do gênero continua confusa e incerta, reforçando a necessidade de um amplo estudo de sistemática molecular. Nesse sentido caracterizamos parte das espécies de Astyanax existentes para estabelecer as relações filogenéticas entre os grupos, utilizando os genes mitocondriais Citocromo B (CitB) e ATP sintetase 6 e 8 (ATPase 6/8), completamente seqüenciados apresentando 1090bp e 846pb respectivamente. Foram analisados 57 indivíduos pertencentes a 30 espécies de Astyanax, sendo oito provenientes da América Central e 22 da América do Sul, mais 7 indivíduos de 5 gêneros utilizados como grupo externo, para os genes ATPase 6/8. Obteve-se um numero menor de indivíduos para o gene CitB, 47 pertencentes a 25 espécies de Astyanax, mais 6 gêneros próximos representados cada por 1 individuo. Utilizamos os métodos de Parcimônia, Distancia, Verossimilhança e Analise Bayesiana para inferir as relações filogenéticas entre as espécies. Encontramos uma profunda diferenciação entre as da América Central e do Sul, assim como das espécies costeiras com as demais, sendo que essas são basais para todo o grupo. O alto valor de divergência das seqüências das espécies costeiras com as demais (acima de 30%) é similar a encontrada entre diferentes gêneros de Characidae, utilizando a taxa de evolução de 1,3%/ma para os genes...
The genus Astyanax is one of the largest and well distributed among the freshwater fishes from the Neotropical region. It’s found since south of North America until the central region of Argentina, being founded in a lot of different environments, many times, which difficulties in maintaining the gene flux, isolating populations and species. Morphological, cytogenetically and molecular data has been arise, but the taxonomy of the genus is still confuse and uncertain, reinforcing the necessity of a broad molecular systematic study. As so, we characterized part of the existent species of Astyanax with the proposal of establish the phylogenetic relationship among the groups; we utilize the mitochondrial genes Cytocromo B (CitB) and ATP synthetase 6 and 8 (ATPase6/8), completely sequenced presenting 1090 pb and 846 pb respectively. Has been analyzed 57 individuals belonging to 30 Astyanax species, being eight from Central America and 22 from South America; plus seven individuals from five genera utilized as out-groups, this for the ATPase6/8 genes. We have a small number of individuals for the CitB gene, 47 individuals belonging to 25 Astyanax species, plus six close genera, each one witch one individual. The methods of Parcimony, Distance, Likelihood and Baysiaen analyses have been conducted to infer the phylogenetic relationship among the species. We found a significant differentiation between Central and South America species, as so between costal species and the others, being those one’s basils for the all group. The high divergence found between sequences of costal species and the others (above 30%) is close to the one’s founded among different genus of Characidae, utilizing the mutation rate of 1,3%/ma for the ATPase6/8 and 0,8%/ma for CitB, we reach a value around 25 ma for the separation of costal species of the... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Peixe de agua doce - Aspectos moleculares, Citogenética animal

Como citar

POZZOBON, Allan Pierre Bonetti. Relações filogenéticas e história evolutiva do gênero Astyanax (Teleostei: Characidade), com base em caracteres moleculares. 2012. 51 f. Dissertação - (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2012.