Avaliação do conhecimento dos profissionais de saúde sobre o programa de cessação do tabagismo

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-02-26

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Smoking, conceptualized as the act of consuming commercial cigarettes or any tobacco-related product, is currently recognized as a chronic disease, being isolated in tobacco smoke about 4,720 toxic substances, including nicotine causing physical and psychological dependencies and the leading preventable cause of diseases, disability and death worldwide, and smoking prevention and cessation of tobacco use are clinically effective actions and highly effective cost to the public health. It is a current matter of the utmost importance for the health care, however, until now, have not been described studies in Brazil that approach the knowledge of health professionals about the smoking cessation program, for both those who work in basic care, as those who perform activities in the hospital network. The objective of this study was to evaluate the knowledge of health professionals about the smoking cessation program. This is a descriptive, observational, with a quantitative approach. The study evaluated 136 health professionals from basic care and hospital area in the city of Dois Córregos, through structured and self-administered questionnaire. The results of this study showed that most of the individuals were female (87.5%), mean age 40.3 (+ 11.3) years old, schooling until high school (52.9%) and length of professional experience up to 10 years (55.9%). There was a predominance of basic care (68.4%) as workplace and nursing technicians (27.9%) as professional category. Regarding the smoking history, 67% were nonsmokers, 20.5% former smokers and 12.5% smokers. 92.7% of the professionals have never worked in smoking cessation and 47.1% had qualification on the treatment of smoking during the course of vocational training. Knowledge about the treatment was considered insufficient by 66.2% of the participants. The question covering smoking concept was answered incorrectly by 62.5% of the professionals, especially 93.6% of community health ...
O tabagismo, conceituado como o ato de consumir cigarro industrializado ou qualquer produto derivado do tabaco, atualmente é reconhecido como doença crônica, sendo isolada na fumaça do tabaco, cerca de 4.720 substâncias tóxicas, entre elas a nicotina, causadora de dependências física e psicológica. É a principal causa evitável de doenças, invalidez e morte em todo o mundo, sendo a prevenção do tabagismo e o abandono do uso do tabaco, ações clinicamente eficazes e altamente custo efetivas para a Saúde Pública. É um tema atual e de extrema relevância para o cuidado em saúde, no entanto, até o momento, não foram descritos estudos realizados no Brasil que abordem o conhecimento dos profissionais de saúde sobre o programa de cessação do tabagismo, tanto para aqueles que atuam na Atenção Básica, quanto àqueles que exercem suas atividades em rede hospitalar. O objetivo deste estudo foi avaliar o conhecimento dos profissionais de saúde sobre o programa de cessação do tabagismo. Trata-se de um estudo descritivo, observacional, com abordagem quantitativa. Foram avaliados 136 profissionais de saúde da Atenção Básica e área hospitalar do município de Dois Córregos, através de questionário estruturado e autoaplicável. Os resultados deste estudo mostraram que a maioria dos indivíduos era do sexo feminino (87,5%), idade média de 40,3 (±11,3) anos, escolaridade até o ensino médio (52,9%) e tempo de experiência profissional de até 10 anos (55,9%). Houve predomínio da Atenção Básica (68,4%) como local de trabalho e técnicos de enfermagem (27,9%) como categoria profissional. Quanto à história tabágica, 67% dos indivíduos eram não fumantes, 20,5% ex-fumantes e 12,5% fumantes. 92,7% dos profissionais nunca trabalharam na cessação do tabagismo e 47,1% tiveram qualificação sobre o tratamento do tabagismo durante o curso de formação profissional. O conhecimento sobre o tratamento foi considerado...

Descrição

Palavras-chave

Fumo - Vício - Tratamento, Pessoal da area médica, Equipes de saúde - Conhecimento e aprendizagem, Tobacco use

Como citar

FABRICIO, Nadja Fernanda Trefiglio Nais. Avaliação do conhecimento dos profissionais de saúde sobre o programa de cessação do tabagismo. 2015. 88 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Medicina de Botucatu, 2015.