Caracterização técnica e desempenho hidráulico de quatro gotejadores autocompensantes utilizados no Brasil

Resumo

This study aimed to characterize and evaluate the performance of four models self-compensating drippers commonly used in drip irrigation systems in Brazil. To perform the study it was taking a sample of 25 emitters of each model. Evaluating their tubes (b) coefficient of manufacturing variation (c) wall thickness, (d) characteristic equation of the dripper, (e) internal diameter of the pipe, (f) spacing between emitters, (g) resistance water pressure at ambient temperature and to 40°C and (h) the tensile strength of the pipe with tension of 160 N and 180 N. The analysis showed variation coefficient of less than 0.045 for all manufacturing drippers (0.07 is maximum according to ABNT NBR ISO 9261). The exponents x of the equation pressure versus discharge ranged from 0.0082 to 0.0691 classifying them as self-compensating. From the results obtained it is clear that the tested products which are used in Brazil and used by irrigators had a satisfactory hydraulic performance in accordance with the standard.
Este trabalho teve por objetivo caracterizar e avaliar o desempenho de quatro modelos de gotejadores autocompensantes, frequentemente utilizados nos sistemas de irrigação por gotejamento no Brasil. Para realização do estudo, foi tomada uma amostra de 25 gotejadores de cada modelo. Na avaliação dos respectivos tubos emissores, foram determinados os seguintes parâmetros: (a) vazão média, (b) coeficiente de variação de fabricação, (c) espessura da parede (d), equação característica do gotejador, (e) diâmetro interno do tubo, (f) espaçamento entre emissores, (g) resistência à pressão com água na temperatura ambiente e à temperatura de 40oC, e (h) resistência do tubo à tração com tensão de 160 N e 180 N. As análises mostraram coeficientes de variação de fabricação inferiores a 0,045 para todos os gotejadores (0,07 é o limite máximo, segundo a ABNT NBR ISO 9261). Os expoentes x da equação pressão versus vazão variaram de 0,0082 a 0,0691, classificando-os como autocompensantes. Pelos resultados obtidos, é possível afirmar que nos produtos ensaiados, os quais são utilizados no Brasil pelos irrigantes, apresentaram desempenho hidráulico satisfatório, de acordo com a norma.

Descrição

Palavras-chave

Evaluation, Emitter, Drip irrigation., Avaliação, Emissor, Irrigação por gotejamento.

Como citar

Ciência Rural, v. 45, n. 8, p. 1439-1444, 2015.