A produção de mapas geomorfológicos semi­-detalhados e detalhados em programas de pós­-graduação em geografia no estado de São Paulo (2001­-2018)

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-02-10

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Mapas Geomorfológicos possuem grande importância no direcionamento, na análise e na síntese das pesquisas em Geomorfologia. A Cartografia Geomorfológica, desde as primeiras pesquisas e tentativas de sistematização, possuiu uma grande variedade de metodologias e legendas desenvolvidas em diferentes países. Apesar dos esforços para a padronização de legendas realizados a partir da década de 1960, a diversidade ainda se faz presente. Essa diversidade pode ser interpretada em função da complexidade inerente aos Mapas Geomorfológicos, a qual se dá, dentre outros fatores, em função da representação de dados morfográficos, morfométricos, morfogenéticos e morfocronológicos, conforme proposto pela União Geográfica Internacional (UGI) em 1968. Essa diversidade também pode ser associada a dificuldades para a realização dos mapeamentos advinda da natureza tridimensional do relevo a ser representado em duas dimensões, bem como da diversidade de formas e de gênese apresentadas por esse objeto de estudo. Para compreender essa questão, essa pesquisa teve como objetivo compreender como tem sido realizada a produção de mapas geomorfológicos detalhados e semidetalhados produzidos no Estado de São Paulo, tendo como recorte as produções (dissertações e teses) realizadas em programas de pósgraduação em Geografia de universidades públicas paulistas entre os anos 20012018. Para atender a esse objetivo, foram realizados os seguintes procedimentos: Seleção, Revisão e Fichamento de Teses e Dissertações que possuíam como produto ou um de seus produtos um mapa geomorfológico detalhado ou semidetalhado; Revisão Bibliográfica para contextualização e aprofundamento; Aplicação de Questionários a pesquisadores para contextualização e aprofundamento; Organização dos Dados Levantados; Revisão e análise das informações; Geração de planilhas e Escrita do Texto. Foi possível identificar uma diversidade de formas de representação cartográfica do relevo. A partir da revisão da literatura, pode se considerar que diversidade possivelmente esteja associada a alguns fatores como: Natureza tridimensional do relevo e bidimensionalidade do mapa; Grande número de atributos de diferente natureza representados; Representação cartográfica de dados qualitativos e dados quantitativos; Emprego dos três modos de implantação da informação em um mesmo mapa; Conflito entre a Legibilidade pelo usuário final e o Interesse Acadêmico; Questões referentes às escalas espaçotemporais; e a diversidade de paisagens no território brasileiro. Podese considerar que, apesar da diversidade de legendas possivelmente dificultar a comparação de mapas, ela também pode refletir uma riqueza de formas de abordagem do relevo e permitir reflexões sobre a adequação dos mapeamentos aos objetivos da pesquisa, às características específicas de cada área e à escala.
Geomorphological maps are of great importance in the direction, analysis and synthesis of research in Geomorphology. Geomorphological Mapping, since the first researches and systematization attempts, has had a great variety of methodologies and legends developed in different countries. Despite efforts to standardize legends carried out from the 1960s onwards, diversity is still present. This diversity can be interpreted as a function of the inherent complexity of Geomorphological Maps, which occurs, among other factors, as a function of the representation of morphographic, morphometric, morphogenetic and morphochronological data, as proposed by the International Geographical Union (UGI) in 1968. This diversity can also be associated with difficulties in carrying out mappings arising from the threedimensional nature of the relief to be represented in two dimensions, as well as the diversity of forms and genesis presented by this object of study. In order to understand this issue, this research aimed to understand how the production of detailed and semidetailed geomorphological maps in the State of São Paulo has been carried out, approaching the productions (dissertations and theses) carried out in graduate programs in Geography of public universities in São Paulo between 20012018. To meet this objective, the following procedures were carried out: Selection and Review of Theses and Dissertations that had as a product or one of their products a detailed or semidetailed geomorphological map; Literature Review; Application of Questionnaires to four researchers; Organization of surveyed data; Review and analysis of information; Table Generation and Text Writing. It was possible to identify a variety of forms of cartographic representation of the relief. Based on the literature review, it can be considered that diversity is possibly associated with some factors such as: Threedimensional nature of the relief and twodimensionality of the map; Large number of attributes of different nature represented; Cartographic representation of qualitative and quantitative data; Use of the three modes of deploying information on the same map; Conflict between enduser Readability and Academic Interest; Questions regarding spatiotemporal scales; and the diversity of landscapes in the Brazilian territory. It can be considered that, despite the diversity of legends possibly making it difficult to compare maps, it can also reflect a wealth of ways of approaching the relief and allow reflections on the adequacy of the mappings to the research objectives, specific characteristics of each area and scale.

Descrição

Palavras-chave

Cartografia geomorfológica detalhada e semi-detalhada, Geografia, Semiologia Gráfica, Cartografia, Geomorfologia, Geografia física, Mapas, Detailed and semi-detailed geomorphological mapping, Geography, Semiology of Graphics, Geomorphology

Como citar