Memória e Memórias: entre o eu da ficção e a ficcionalização do eu

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014-08-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

The memory's theories that form the current scenario about the memory theme are composed by concepts in which areas of thinking are studied from the following extreme points: from platonic idealism to sociology based on social frameworks. Taking into account the sociology viewpoint, Maurice Halbwachs will be the basis of sociological studies due to his theory of collective memory through something that he named of 'social alive pictures from present'. Linking this kind of memory with concepts of individual memory, historical memory, space and time, the French sociologist is designated 'to destroy and rebuild' some fundamental concepts of current idealistic philosophy of his time. The literary creation (a kind of recognized pioneer in analyzing human facts) will be established itself as a good space of memory's study and the Marcel Proust's work will be one of the 'addresses' more visited by researchers of a variety of areas. Thus, considering the importance and the relevance of the study and the increase of all concepts around this subject, this project aims to analyze the representation of memory in modern and contemporary literature, defending the hypothesis that in a representation of memory built by an 'I', we will always find the presence of society through social frameworks. As theoretical base, this project will have the collective memory theory and other works related to the memory that will complement the point of view taken. In order to do this, we identified and analized the memory's representation framework of some narratives: Memórias de Lázaro (1952), written by Adonias Filho; The House on Mango Street (1984), written by Sandra Ciseros, an American but also Mexican descendent; and No Fio da Vida: uma Odisséia Açor - Americana (Autobiografia) (2013), written by Francisco Cota Fagundes, an Azorean and university professor who lives in USA. Identifying and analyzing the narratives’ frameworks representation memory and ...
As teorias da memória que compõem o cenário atual sobre o tema da memória abrangem conceitos cujas linhas de pensamento se situam nos extremos: do idealismo platônico à sociologia baseada em quadros sociais. Na ponta sociológica, Maurice Halbwachs, por meio do que ele chama de “quadros sociais vivos do presente”, irá construir a sua teoria da memória coletiva. Relacionando essa memória aos conceitos de memória individual, memória histórica, espaço e tempo, o sociólogo desconstruirá ou reconstruirá alguns conceitos fundamentais da filosofia idealista vigente em sua época. A criação literária, reconhecida pioneira na análise dos fatos humanos, estabelecer-se-á como um campo fértil nos estudos da memória. Entendendo a importância e a relevância do estudo e a ampliação de todos os conceitos em torno dessa temática, este trabalho analisa a representação da memória nas literaturas moderna e contemporânea, partindo da ideia de que, em uma representação de memória construída pelo eu, seja essa representação fictícia ou ficcionalizada, sempre há a presença da sociedade por meio de quadros sociais. Como respaldo teórico, valemo-nos da teoria da memória coletiva e outros escritos relativos à memória que complementam o ponto-de-vista adotado. Para tanto, trabalhamos com as narrativas: Memórias de Lázaro (1952), do baiano Adonias Filho; The House on Mango Street (1984), da norte-americana de origem familiar e cultural mexicana, Sandra Cisneros; e No Fio da Vida: uma Odisséia Açor-Americana (Autobiografia) (2013), do açoriano e professor residente dos Estados Unidos, Francisco Cota Fagundes. Identificando e analisando os quadros de representação da memória dessas narrativas e articulando estes aos elementos da arte da ficção assinalados e trabalhados por Umberto Eco e por James Wood

Descrição

Palavras-chave

Adonis Filho 1915-1990 Memórias de Lázaro Crítica e interpretação, Cisneros, Sandra The house on Mango Street Crítica e interpretação, Fagundes, Francisco Cota No fio da vida : uma odisséia açor-americana Crítica e interpretação, Literatura - Historia e critica, Ficção - História e crítica - Séc. XX, Memória na literatura, Literatura e sociedade, Literature History and criticism

Como citar

DIAS, Juliana Silva. Memória e Memórias: entre o eu da ficção e a ficcionalização do eu. 2014. 212 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, 2014.