O tesauro das Nações Unidas e a dimensão política da organização do conhecimento: multilinguismo e direitos humanos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-03-28

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Nesta tese, busca-se construir um percurso reflexivo articulado à dimensão política da organização do conhecimento, aos conceitos ligados às bases epistemológicas da vertente francesa de análise do discurso, ao sentido de multilinguismo, ao Tesauro do Sistema de Informação Bibliográfica das Nações Unidas e à rede discursiva sobre direitos humanos na sociedade contemporânea. Propõe-se o tesauro como objeto de análise, a partir de dois pressupostos: a) O tesauro como um dispositivo de controle dos sujeitos pelo controle dos vocabulários, contribuindo com a institucionalização de determinados sentidos e podendo materializar sentidos de exclusão; b) Inseridos no regime de informação da ONU, os discursos presentes em documentos que ajudaram a edificar o conceito de direitos humanos e no Tesauro de Informação Bibliográfica das Nações Unidas contêm representações sobre como se deve subjetivar a relação do indivíduo com seu corpo e com sua língua. Sob a perspectiva da análise do discurso, como dispositivo teórico e metodológico, foram elencados os conceitos de sujeito, leitura, condições de produção, formação discursiva, memória discursiva, ideologia e arquivo com o objetivo de analisar o Tesauro do Sistema de Informação Bibliográfica das Nações Unidas com ênfase no termo direitos humanos, considerando três documentos que influenciaram a construção do conceito de direitos humanos, isto é, a Declaração Universal dos Direitos Humanos, a Declaração da Independência dos Estados Unidos e a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão. Esta pesquisa está arraigada no âmbito da dimensão política da organização do conhecimento, sendo assim, durante o trabalho, o conceito de regime de informação, de Frohmann, também é mobilizado, considerando as instituições, os sistemas de organização do conhecimento, as materialidades dos documentos e os sujeitos. A fim de exemplificar a discussão teórica da tese, considera-se a Organização das Nações Unidas como uma instituição que apresenta um sistema de organização do conhecimento multilíngue incumbido de organizar e representar documentos, em diferentes materialidades, que são difundidos socialmente, materializando sentidos sobre os direitos humanos e afetando sujeitos. Conclui-se que é importante apresentar propostas de novos modos de subjetivação no âmbito da organização do conhecimento, denunciar sentidos que excluem sujeitos e convocar uma resistência às imposições idiomáticas atreladas aos interesses políticos e econômicos de certos países em um regime de informação.
In this thesis, we seek to build a reflexive path articulated to the political dimension of the organization of knowledge, to the concepts linked to the epistemological bases of the French branch of discourse analysis, to the sense of multilingualism, to the Thesaurus of the United Nations Bibliographic Information System and to the discursive network on human rights in contemporary society. The thesaurus is proposed as an object of analysis, based on two assumptions: a) The thesaurus as a device to control subjects by controlling vocabularies, contributing to the institutionalization of certain senses and being able to materialize senses of exclusion; b) Inserted in the UN information regime, the discourses present in documents that helped to build the concept of human rights and in the United Nations Bibliographic Information System Thesaurus contain representations about how the individual's relationship with his body and with his language should be subjected. From the perspective of discourse analysis, as a theoretical and methodological device, the concepts of subject, reading, conditions of production, discursive formation, discursive memory, ideology, and archive were listed with the aim of analyzing the United Nations Bibliographic Information System Thesaurus with emphasis on the term human rights, considering three documents that influenced the construction of the concept of human rights, that is, the Universal Declaration of Human Rights, the Declaration of Independence of the United States and the Declaration of the Rights of Man and Citizen. This research is rooted in the scope of the political dimension of knowledge organization, thus, during the work, Frohmann's concept of information regime is also mobilized, considering institutions, knowledge organization systems, document materialities and subjects. In order to exemplify the theoretical discussion of the thesis, the United Nations is considered as an institution that presents a multilingual knowledge organization system in charge of organizing and representing documents, in different materialities, which are socially disseminated, materializing senses about human rights and affecting subjects. We conclude that it is important to present proposals for new modes of subjectivation in the field of knowledge organization, denounce senses that exclude subjects and call for resistance to idiomatic impositions linked to the political and economic interests of certain countries in an information regime.

Descrição

Palavras-chave

Tesauro do Sistema de Informação Bibliográfica das Nações Unidas, Análise do discurso, Regime de informação, Direitos humanos, Multilinguismo, United Nations Bibliographic Information System Thesaurus, Discourse analysis, Information regime, Human rights, Multilingualism

Como citar

TERRA, Marcos Vinícius Santos de Carvalho. O tesauro das Nações Unidas e a dimensão política da organização do conhecimento: multilinguismo e direitos humanos. Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2023.