Características epidemiológicas da frequência cardíaca de repouso: relação com a prática de atividade física estratificada por sexo e controlada por fatores de confusão

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-12-18

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Introdução: A frequência cardíaca de repouso é um marcador clínico importante e de fácil mensuração, servindo também como uma ajuda no prognóstico de alerta a uma precoce deterioração clínica, entretanto ressalta-se que são limitados os números de estudos epidemiológicos que tiveram como objetivo verificar a frequência cardíaca de repouso em populações jovens e fatores de risco associados. Outro fator importante que ainda consiste em uma lacuna na literatura é o uso de aparelhos oscilométricos de pressão arterial na medição da FCR. Objetivos: Analisar a sensibilidade e especificidade do aparelho de pressão arterial na detecção da FCR em adolescentes. Examinar se a prática de atividade física constante nos diferentes domínios (escola, prática esportiva e ocupacional) é associada a menores valores de frequência cardíaca nesses jovens. Métodos: No primeiro estudo participaram 55 indivíduos, com idade entre 10 e 15 anos, foram realizadas avaliações antropométricas e a avaliação da frequência cardíaca de repouso, utilizando de forma simultânea o aparelho oscilométrico de pressão arterial e o monitor de frequência cardíaca. No segundo estudo 1011 indivíduos entre 10 e 17 anos, sendo que 454 eram do sexo masculino e 557 eram meninas. Foram realizadas avaliações da frequência cardíaca de repouso, antropométricas, comportamento sedentário, prática habitual de atividade física, hábitos tabagistas. Resultados e conclusão: Média/alta correlações foram encontrados (r = 0,80) entre o monitor de frequência cardíaca e aparelho oscilométrico. O coeficiente de correlação intraclasse apresentou valores de 0,88 (0,66-0,96) para as meninas e 0,90 (0,82-0,95) para os meninos. A sensibilidade foi de 70,0 (34,8-93,3) e 80,4 (28.4- 99.5) e a especificidade de 86,6 (69,3-96,2) e 90,0 (55,5-99,7) para meninos e meninas. Foram encontradas diferenças significativas na diminuição dos valores de frequência cardíaca de repouso com a atividade esportiva nos meninos -0.58 (-1.05; -0.11), nas meninas -0.87 (-1.34; -0.39), ao verificar a prática de atividade física ocupacional, foi detectado somente para os meninos -1.60 (-3.05; -0.18) e na atividade física total em ambos os sexos, meninos -0.52 (-0.92; -0.12) e de -0.67 (-1.07; -0.28). O aparelho oscilométrico mostrou boa reprodutibilidade e moderada sensibilidade e especificidade para medir a frequência cardíaca de repouso em adolescentes. Supõe-se que a prática de atividade física esportiva e total para os dois sexos e no ocupacional para a amostra do sexo masculino, são associados a menores valores de frequência cardíaca de repouso.
Introduction: The resting heart rate is an important clinical marker and easy to measure, also serving as an aid to alert prognosis early clinical deterioration, however it is noteworthy that the number of epidemiological studies that aimed to are limited check resting heart rate in young populations and associated risk factors. Another important factor which still consists of a gap in the literature is the use of devices oscillometric blood pressure measurement of HRR. Objectives: To evaluate the sensitivity and specificity of blood pressure device to detect the FCR in adolescents. Examine the practice of constant physical activity in the various areas (school, sports and occupational practice) is associated with lower values of heart rate in these young people. Methods: In the first study participated 55 individuals, aged between 10 and 15 years, were carried out anthropometric measurements and the evaluation of resting heart rate, using simultaneously the oscillometric device for blood pressure and heart rate monitor. In the second study 1011 individuals between 10 and 17 years, and 454 were male and 557 were girls. Evaluations were carried out of the resting heart rate, anthropometric, sedentary behavior, habitual physical activity, smoking habits. Results and conclusion: Medium / High correlations were found (r = 0.80) between heart rate monitor and oscillometric device. The intraclass correlation coefficient showed values of 0.88 (from 0.66 to 0.96) for girls and 0.90 (0.82-0.95) for boys. The sensitivity was 70.0 (34.8 to 93.3) and 80.4 (28.4- 99.5) and specificity of 86.6 (69.3 to 96.2) and 90.0 (55,5- 99.7) for boys and girls. Significant differences were found in the reduction of heart rate values of home with the sporting activity in boys -0.58 (-1.05, -0.11), in girls -0.87 (-1.34, -0.39), to verify the practice of occupational physical activity, It was detected only for boys -1.60 (-3.05, -0.18) and total physical activity in both sexes, boys -0.52 (-0.92, -0.12) and -0.67 (-1.07, -0.28). The oscillometric device showed good reproducibility and moderate sensitivity and specificity to measure the resting heart rate in adolescents. It is assumed that the practice of sport and physical activity overall for both sexes and for occupational male sample, are associated with lower values of heart rate at rest.

Descrição

Palavras-chave

Frequência cardíaca de repouso, Comportamento sedentário, Atividade física, Resting heart rate, Sedentary behavior, Physical activity

Como citar