Memória e História do Programa USP Recicla: contribuições para a construção de uma Universidade Sustentável

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2016-09-26

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A sociedade se torna cada vez mais autocrítica e reflexiva no tocante as questões ambientais e os movimentos nesse sentido contribuem para o grande desafio de promover mudanças que estimulem o engajamento num processo contínuo de novas leituras, interpretações e ações de fortalecimento de práticas sustentáveis. Assim, a Universidade de São Paulo (USP) passou a divulgar seu compromisso para uma visão global e crítica dos problemas ambientais nos campi, mostrando-se comprometida com a formulação de ações para o envolvimento de diversas instâncias e Unidades dessa instituição de ensino superior (IES), com o intuito de repensar práticas sociais e ambientais que compreendessem as inter-relações dos problemas, soluções e responsabilidades na construção de uma Universidade Sustentável. Em nosso entendimento, a Universidade deve contribuir para a formação de profissionais/cidadãos críticos e habilitados para atuarem sobre as questões socioambientais, proporcionando a melhoria da qualidade de vida para comunidade universitária, do seu entorno e da sociedade em geral. Nesse contexto, a USP promove o Programa USP Recicla que se propõe a estimular valores na direção da sustentabilidade socioambiental em sua comunidade universitária, estabelecendo uma grande teia de trabalho. Esse programa permanente da Universidade foi institucionalizado em 1994 e desde então atua em seus campi, atingindo atores para a melhoria da qualidade ambiental e de vida, promovendo, ainda, marcantes vivências de Educação Ambiental e de Gestão de Resíduos Sólidos nos campi envolvidos. Essas vivências desempenham um papel de fundamental importância para a sensibilização e conscientização que, por sua vez passam a contribuir de modo concreto para a gestão ambiental nos ambientes universitários. Diante do exposto, propomos um projeto que teve por objetivo registrar a história e a trajetória do programa com o intuito de apontar suas concepções e percurso e ainda discutir a atuação do Programa USP Recicla, considerando sua efetiva participação para a implantação de uma Universidade Sustentável; analisar sua contribuição para a formação de educadores ambientais nos campi da USP e; analisar o Programa USP Recicla quanto ao seu propósito teórico inicial e sua efetiva ação para o estimulo à elaboração de Políticas Públicas de Educação Ambiental e Sustentabilidade na Universidade. Ao investigar a ação educativa do Programa USP Recicla, foi almejado preencher uma lacuna no campo de conhecimento da área de formação em Educação Ambiental, principalmente no que tange a formação de educadores fora do ambiente escolar. Assim, as memórias de 41 atores (12 docentes, 24 funcionários e 5 alunos) do Programa USP Recicla foram registradas, através da metodologia da história oral, buscando compor a narrativa da história e da trajetória do Programa. Compreender e registrar as visões, sentimentos e práticas de pessoas e grupos são formas poderosas de difundir conhecimento e construir fontes alternativas para a compreensão e análise de processos históricos, possibilitando a revisão dos valores e direcionando novas condutas para um sentido social, cultural e ambiental mais amplo e significativo, que pode ainda estimular valores e comportamentos voltados para o desenvolvimento de sociedades sustentáveis.
The society becomes increasingly self-critical and reflective regarding environmental issues and moves accordingly contribute to the challenge of promoting changes that encourage engagement in a continuous process of new readings, interpretations and strengthen sustainable practices actions. Thus, the University of São Paulo (USP) began to publish its commitment to a comprehensive and critical view of environmental problems on campi, being committed to the development of actions for the involvement of various bodies and units of this institution of higher education (IES), in order to rethink social and environmental practices to understand the interrelationships of problems, solutions and responsibilities in building a sustainable university. In our view, the University should contribute to the training of professionals and empowered citizens to act on environmental issues, providing improved quality of life for the university community, its environment and society in general. In this context, USP promotes USP Recicla program that aims to encourage values and behaviors proenvironmentals in the university community, establishing a great web work. This permanent program at the University was institutionalized in 1994 and since then acts on the seven campi of USP, reaching actors to improve environmental quality and of life, promoting also striking experiences of Environmental Education and Solid Waste Integrated Management on campuses involved . Such experiences play a role of fundamental importance for the awareness and consciousness that in turn start to contribute in a concrete way for environmental management in university environments. Given the above, we propose a project that aimed to record the history and the program's path in order to point out their views and route and also discuss the performance of the USP Recicla Program, considering their effective participation to the implementation of a Sustainable University; analyze their contribution to the formation of environmental educators on campus and the USP; analyze the USP Recicla Program about their initial theoretical purpose and effective action to stimulate the development of Public Policies for Environmental Education and Sustainability at the University. When investigating the educational activities of USP Recicla Program was sought to fill a gap in the training area of the field of knowledge in environmental education, especially regarding the training of educators outside the school environment. Thus, the memories of 41 players (12 teachers, 24 employees and 5 students) USP Recicla Program were recorded through oral history methodology, trying to compose the narrative of history and the program's path. Understand and record the views, feelings and practices of individuals and groups are powerful ways to spread knowledge and build alternative sources for understanding and analysis of historical processes, enabling the revision of the values and guiding new behaviors for a social sense, cultural and environmental more broad and significant, that can also stimulate values and behaviors aimed at the development of sustainable societies.

Descrição

Palavras-chave

Educação Ambiental, Gestão de Resíduos Sólidos, Políticas Públicas Ambientais, Memória e História, Universidade Sustentável, Memory and History, Sustainable University, Environmental education, Solid waste management, Environmental Public Policies

Como citar