Análise energética e econômica da produção de milho (Zea mays spp) em sistema de plantio direto em propriedades familiares no município de Pratânia-SP

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2006-06-20

Orientador

Esperancini, Maura Seiko Tsutsui
Bueno, Osmar de Carvalho

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O presente trabalho teve por objetivo analisar a relação entre os indicadores de eficiência energética e econômica na produção de milho em sistema de plantio direto em propriedades familiares, no município de Pratânia-SP. A hipótese central que orientou a análise é que a relação energética pode não ser coincidente com a relação econômica, pois a primeira capta as relações mais estruturais da produção e a segunda, situações conjunturais de mercado. Utilizou-se dados de fontes primárias e secundárias. A construção do itinerário técnico do sistema de produção de milho e informações referentes à produção foram obtidas por meio de entrevistas diretas com produtores e questionários específicos. De fontes secundárias foram coletados dados de preços médios mensais de milho e índices de inflação. O resultado da eficiência energética foi apresentada pela estrutura de dispêndios energéticos por tipo, fonte e forma, em Megajoules (MJ). Os resultados da eficiência econômica foram apresentados na forma de distribuição de freqüência de probabilidade, em unidades de capital. A eficiência cultural observada do sistema de produção A foi de 5,54 e do sistema de produção B foi de 6,47, enquanto que a eficiência energética do sistema A foi de 18,20 e para o sistema B foi de 21,33. Ambos sistemas estudados apresentaram uma dependência de fonte de energia industrial, particularmente fertilizantes 2 químicos, e de fontes fósseis, sendo o óleo Diesel o mais significativo. Com relação ao aspecto econômico, observou-se que o custo operacional por área para o sistema de produção A foi de R$ 1.773,57 e para o sistema de produção B foi de R$ 1.430,98. Similarmente ao perfil energético...

Resumo (inglês)

The present work had for objective to analyze the relationship among the indicators of energy and economic efficiency in the corn production in system at family farm, in Pratânia-SP County. The hypothesis that guides this analysis is that the energy ratio cannot be coincident with the economic ratios, because the energy ratio reviews structural production relationships and economic ratio market status. Primary and secondary source data was used. To do the corn production system technical itinerary, information were obtained through direct interviews with farmers based on specific questionnaires. From secondary sources data, monthly average prices and inflation indexes were taken. The result of energetically efficiency was presented by the structure of energy expenditures by type, source and shape, in Megajoules (MJ). The results of economic efficiency were presented using distribution of frequency of probability, in units of capital. The cultural efficiency observed on system A was 5.54 and on system B was 6.47, while the energy efficiency on system A was 18.20 and on system B was 21.33. Both systems showed a dependence of industrial source of energy, particularly chemical fertilizers, and of fossil sources, being Diesel the most significant. With regard to the economic aspect, the operational cost per area on system A was R$ 1,773.57 and on system B was R$ 1,430.98. Similar to the energy profile, on both production systems was verified that the biggest 4 costs were indirect energy, particularly chemical fertilizers and mechanized operations, with high Diesel consumption. At the economic and energy indicator ratio, the economic efficiency indicators were shown to be lower representative than the cultural energetically efficiency... (Complete abstract, click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

PRACUCHO, Tanise Theresa Gomes Martins. Análise energética e econômica da produção de milho (Zea mays spp) em sistema de plantio direto em propriedades familiares no município de Pratânia-SP. 2006. x, 105 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas, 2006.

Itens relacionados