Órgãos reprodutivos em Hylocereeae e Rhipsalideae (Cactaceae): morfologia floral e desenvolvimento estrutural do fruto e da semente

Imagem de Miniatura

Data

2013-05-03

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Foram realizadas análises macro e micromorfológicas com auxílio de microscopia óptica e eletrônica de varredura em órgãos reprodutivos de espécies epífitas de duas linhagens diferentes: Hylocereeae e Rhipsalideae, buscando ampliar o conhecimento morfo-anatômico e contribuir com a taxonomia e sistemática de Cactaceae, por meio de estudos comparativos; além de elucidar inconstâncias na tipologia do fruto. Foram realizados o estudo sobre a morfologia floral com ênfase nos nectários e o estudo ontogenético dos frutos e sementes em três espécies de cactos epífitos: Hylocereus undatus (Hylocereeae), Lepismium warmingianum e Rhipsalis cereuscula (Rhipsalideae). Os resultados mostram evidências úteis para a taxonomia do grupo, como a separação distinta em relação à estrutura floral e à concentração do néctar entre espécies de Hylocereeae e de Rhipsalideae. Com base na estrutura dos nectários é possível separar três de quatro gêneros reconhecidos para Rhipsalideae. A ontogenia dos frutos das espécies estudadas permitiu o reconhecimento do fruto cactidium para a família. As características estruturais e o desenvolvimento das sementes mostraram caracteres importantes para a taxonomia, destacando-se o tipo de óvulo, a morfologia, o tamanho e a forma da semente, bem como, a morfologia do embrião. Os resultados apresentados nesse estudo demonstram a importância do conhecimento morfoanatômico de órgãos reprodutivos para entendimento da classificação e evolução das espécies de Hylocereeae e Rhipsalideae
Macro- and micro-morfological analyses were performed in two lineages of epiphytic species of Hylocereeae and Rhipsalideae, through optical and scanning microscopy, in order to amplify the anatomical knowledge and to contribute to the taxonomy and systematics of this group of plants; furthermore, to elucidate inconstancies concerning the fruit typology within Cactaceae. This study provides the first and most extensive family survey on flower and nectary morphology in the Cactaceae, in addition to an ontogenetic study of fruit and seed in three species of epiphytic cacti Hylocereus undatus (Hylocereeae), Lepismium warmingianum and Rhipsalis cereuscula (Rhipsalideae). The results provide evidences of the systematic utility of floral nectaries and nectar sugar concentration amongst the Hylocereeae and Rhipsalideae. It was found that in the Rhipsalideae tribe it is possible to separate three of the four recognized genera for the tribe based on the nectary structure. The fruit ontogeny of the studied species has allowed the recognition of the cactus fruit as cactidium for the family. The structural features of the seed as well as its development are of taxonomical importance with key features being the type of ovule and its morphology, the size and shape of the seed, and the morphology of the embryo. The results presented show that both morphological and anatomical knowledge of the reproductive organs are of interest in understanding the classification and evolution of species of Hylocereeae and Rhipsalideae

Descrição

Palavras-chave

Plant anatomy, Anatomia vegetal, Cacto, Flores - Morfologia, Plantas - Reprodução, Sementes - Desenvolvimento, Frutas - Desenvolvimento

Como citar

ALMEIDA, Odair José Garcia de. Órgãos reprodutivos em Hylocereeae e Rhipsalideae (Cactaceae): morfologia floral e desenvolvimento estrutural do fruto e da semente. 2013. 104 f. Tese - (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2013.