Effect of Environmental Temperature During the First Week of Brooding Period on Broiler Chick Body Weight, Viscera and Bone Development

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2002-01-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Fundação APINCO de Ciência e Tecnologia Avícolas

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo estudar o efeito de diferentes temperaturas-ambiente durante a primeira semana de vida de pintos de corte sob parâmetros zootécnicos, desenvolvimento visceral e crescimento ósseo. Foram utilizados 240 pintos de um dia, alojados em 3 câmaras climáticas, com temperaturas constantes de 20, 25 e 35°C do 1° ao 7° dia de vida. Diariamente, o consumo de água e ração, bem como o peso vivo, o peso relativo do fígado, moela, coração, saco vitelino e bursa de Fabricius foram avaliados. A tíbia e o fêmur também foram pesados e o comprimento e espessura (diâmetro médio) mensurados. As aves criadas a 20°C ganharam menos peso e consumiram menos ração do que aves mantidas a 25°C e menos água do que aves mantidas a 35°C. O peso relativo do fígado, coração e moela foram afetados pela temperatura ambiente, entretanto, não foi observado efeito da temperatura de criação sobre o peso do saco vitelino e bursa de Fabricius. Os dados mostraram que todos os parâmetros ósseos pesquisados aumentaram com a idade das aves. A temperatura ambiente não afetou a espessura da tíbia e do fêmur, mas foi observado um aumento significativo no peso e comprimento dos ossos com o aumento da temperatura ambiente. Os resultados desse experimento mostraram que o estresse por frio (20°C) reduziu o crescimento ósseo bem como o peso vivo das aves, durante os primeiros sete dias após a eclosão.
The objective of the present study was to assess the development of broiler chicks during the first week post-hatching when reared at three different environmental temperatures. A total of 480 day-old chicks were placed in three environmentally controlled rooms (20, 25 and 35°C) from 1 to 7 days of age. Body weight gain, feed and water intake, as well as liver, gizzard, heart, yolk sac and bursa of Fabricius weights were measured daily. Tibia and femur bones were weighed and their length and width (medial diameter) were also obtained. The chicks reared at 20º C had lower weight gain and ingested less food than chicks reared at 25°C and less water than chicks kept at 35°C. Relative weights of the liver, heart, and gizzard were affected by environmental temperature, whereas yolk sac and bursa of Fabricius relative weights were not. The data showed that all bone parameters increased with bird age. Environmental temperature did not affect tibia or femur width, however a significant increase in bone weight and length occurred with increasing environmental temperature. These results indicate that brooding temperature of 20°C during the first seven days post-hatching was stressful decreasing broiler bone development and reducing chicks body weight.

Descrição

Palavras-chave

body weight, bone growth, chicks, environmental temperature, viscera, peso vivo, Osso, Temperatura ambiente, vísceras, Frangos de corte

Como citar

Revista Brasileira de Ciência Avícola. Fundação APINCO de Ciência e Tecnologia Avícolas, v. 4, n. 1, p. 00-00, 2002.