Population dynamic of Sesarma rectum (Crustacea, Brachyura, Sesarmidae) from a muddy flat under human impact, Paraty, Rio de Janeiro, Brazil

Imagem de Miniatura

Data

2007-06-30

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul

Resumo

Estudou-se uma população do caranguejo Sesarma rectum Randall, 1840 que está sob a influência direta do impacto humano. Coletas mensais (CPUE, duas pessoas durante 30 min) foram realizadas de agosto de 2001 a julho de 2002 numa área lodosa, localizada na cidade de Paraty, Estado do Rio de Janeiro (23º13'S, 44º42'W). No laboratório, os espécimes foram classificados quanto ao sexo e posteriormente medidos com um paquímetro (0,01 mm). O tamanho do início da maturidade sexual foi obtido por meio de diferentes técnicas: no caso dos machos, utilizaram-se técnicas alométrica e a análise macroscópica das gônadas, enquanto para as fêmeas, o tamanho da menor fêmea ovígera também foi considerado. A estrutura da população foi avaliada pela análise da variação das modas da distribuição de freqüência por classes de tamanho. A fecundidade foi obtida por meio de subamostragens das massas de ovos. Para os machos, a análise macroscópica das gônadas revelou valores da largura da carapaça maiores que os obtidos com as análises morfométricas. Machos maiores que 18,5 mm de largura da carapaça foram considerados maduros. Para as fêmeas, o tamanho da maturidade foi 17,4 mm de LC. Apesar do impacto humano sobre o ecossistema, a população apresenta-se estável, o que é indicado pela presença de uma única moda na distribuição de freqüência de tamanho. Uma segunda moda aparece somente em alguns meses e, provavelmente, está relacionada à entrada de juvenis na população. A razão sexual da população é próxima de 1:1 até os caranguejos alcançarem o tamanho em torno de 28 mm de LC. A seguir o número de machos ultrapassa o de fêmeas. Comparando a fecundidade da presente população com a estudada previamente em Ubatuba, verificaram-se diferenças no número de ovos. A fecundidade da população de Paraty foi significativamente menor do que a de Ubatuba. Isto provavelmente está relacionado à escassez de recursos alimentares em Paraty, uma vez que não se encontram plantas vasculares naquele local. O processo reprodutivo contínuo, como também o recrutamento juvenil sugere que a espécie está apta a viver nesta área mesmo sob impacto humano. A capacidade de obtenção de nutrientes a partir de diferentes tipos de alimentos é provavelmente uma característica que possibilita S. rectum ocupar um ecossistema impactado.
A population of Sesarma rectum Randall, 1840 under the influence of human impact was studied. Monthly sampling (CPUE, two people during 30 min) took place from August/2001 to July/2002 at an impacted muddy flat in Paraty city, State of Rio de Janeiro (23º13'S, 44º42'W). At the laboratory, specimens were classified by sex and measured with a vernier caliper (0.01 mm). The size at the beginning of the sexual maturity was obtained by means of different techniques: in the case of males it was used the allometric procedure and the macroscopic analysis of gonads wile for females, the size of the smallest ovigerous female was also considered. The population structure was evaluated by means the analysis of the variations in the modes of the size frequency distribution. The fecundity was assessed using sub samples of the egg mass. For males, the macroscopic analyses of gonads revealed larger values of carapace width than those obtained with morphometric analysis. Males larger than 18.5 mm of carapace width can be considered as mature. For females, such size was 17.4 mm CW. Despite of the human impact in the habitat, the population presented to be stable, as indicated by a single mode on the size frequency distribution. The second mode that appeared in some months is probably related to the entrance of juveniles in the population. The sex ratio of this population is closely approximating to 1:1 until crabs reach a carapace width of about 28 mm; after that, males outnumbered females. Comparing the fecundity of the present population with a previous study from Ubatuba, it can be verified a difference in the number of eggs. The fecundity of Paraty's population is significantly lower than the Ubatuba's population. This is probably related to the scarcity of food resource in Paraty, once no vascular plant can be found in that place. The continuity of reproductive processes and the juvenile recruitment suggest this species is able to live in the area with human impact. The ability to obtaining nutrients from different source of food is probably a feature that allows S. rectum to occupy such impacted ecosystem.

Descrição

Palavras-chave

Maturidade sexual, crescimento alométrico, estrutura populacional, fecundidade, Sexual maturity, allometric growth, population structure, fecundity

Como citar

Iheringia. Série Zoologia. Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul, v. 97, n. 2, p. 207-214, 2007.