Avaliação da uniformidade de aplicação de água em gotejadores em função do teor de ferro

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-09-12

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Este trabalho teve por objetivo estudar a variação de vazão em tubogotejadores NaanPC laranja e NaanPC azul em função de precipitados químicos, ao longo do tempo de funcionamento, quando submetidos a uma água rica em ferro, avaliando-se especificamente o coeficiente de uniformidade de Christiansen (CUC) e o coeficiente de uniformidade de distribuição (CUD). O experimento foi desenvolvido em uma bancada de ensaios para tubogotejadores no Laboratório de Ensaio de Equipamentos para Irrigação do Departamento de Engenharia Rural da Faculdade de Ciências Agronômicas - UNESP, localizado no município de Botucatu – SP. O experimento foi montado em esquema fatorial 2x2x7, sendo duas doses de Fe, dois modelos de gotejadores e sete tempos de funcionamento, com três repetições, totalizando 84 parcelas experimentais. Efetuou-se a análise de variância pelo teste F. As médias das vazões dos gotejadores foram comparadas pelo teste de T de Student a 5% de probabilidade. Os resultados obtidos não apontaram diferença significativa nas diferentes doses de ferro. Entretanto, os resultados apontaram diferença significativa na interação gotejador x tempo e coeficiente de uniformidade de Christiansen (CUC).

Resumo (inglês)

This work aimed to study the occurrence of chemical precipitates effects in two types of drip hose (NaanPC orange and blue) due to chemical precipitation along the operating time, when subjected to water rich in iron, specifically evaluating the Christiansen uniformity coefficient (CUC) and distribution uniformity (DU). The experiment was conducted in a test bench for drip hose at Laboratory Test Equipment for Irrigation - Department of Agricultural Engineering, Sao Paulo State University. The experiment was a 2 x 2 x 7 factorial design, with two Fe doses, two drip brands, and seven operational times with three replicates, totalizing 84 experimental plots. The variance analysis was performed by F test. Average emitter discharges were compared by Student t test at 5% probability. The results showed no significant difference in iron doses. However, the results indicated significant differences in drip versus operational time and the Christiansen uniformity coefficient (CUC).

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Irriga, v. 16, n. 1, p. 21-30, 2011.

Itens relacionados

Financiadores