Uso de recursos e padrão de co-ocorrência com insetos predadores em comunidades sub-tropicais de girinos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010-03-29

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Girinos são um importante componente de ecossistemas de água doce e, ao longo dos últimos trinta anos, vêm sendo utilizados como modelos para testar hipóteses em ecologia de comunidades. O conjunto de informações disponível atualmente sugere que a presença de predadores influencia a abundância e o uso de hábitat por girinos e, conseqüentemente, a estrutura da comunidade. O objetivo deste estudo foi determinar o uso de recursos e investigar a influência de predadores na distribuição espacial de espécies e na estrutura de comunidades de girinos. As principais questões deste estudo foram: 1) qual o papel dos fatores abióticos na estruturação de comunidades de girinos?; 2) qual o grau de sobreposição de nicho entre as espécies nos três principais eixos de recursos: tempo (ocorrência sazonal), alimento e espaço (hábitat)?; 3) os girinos apresentam um padrão de distribuição não-aleatório em relação aos predadores? As amostragens tiveram freqüência mensal com coletas simultâneas de girinos e insetos predadores. Na caracterização dos corpos d’água foram utilizados dez descritores ambientais. Para determinar as guildas de espécies com relação ao uso de hábitat e ocorrência mensal foi implementada, respectivamente, uma análise de agrupamento e de ordenação por escalonamentro multidimensional não métrico. Para investigar a associação entre a abundância de girinos e os gradientes ambientais foi usada uma análise de correspondência canônica. A partilha de recursos entre girinos foi analisada utilizando-se uma análise de sobreposição de nicho em conjunto com um modelo nulo, considerando como eixos de recursos a ocorrência mensal, ocorrência nas poças e os itens alimentares. A análise da co-ocorrência pareada de girinos e predadores foi efetuada utilizando-se...
Tadpoles are an important component of freshwater ecossystems and in the last thirty years has been used as model organisms to test hypothesis in community ecology. The data currently available suggest that the presence of predators influences the abundance and habitat use by tadpoles and, consequently the community structure. The aims of this study were to establish how tadpoles divide resources and to investigate the influence of predators on species distribution and on community structure of tadpoles. The main questions were: 1) What is the role of abiotic factors in the community structure?; 2) What is the extent of niche overlap among species, considering the three main resource axes: time (seasonal occurrence), diet items and space (macrohabitat)?; 3) Tadpoles exhibit a non-random distribution pattern in relation to predaceous insects? We conducted monthly samplings to collect tadpoles and predaceous insects. We also used 10 environmental descriptors to characterize the water bodies. To recognize species guilds in relation to habitat use and monthly occurrence, we employed respectively a cluster analysis and a n-MDS, respectively. To investigate the association between species abundance and environmental gradients we used a canonical correspondence analysis. The resource partitioning among tadpoles was analyzed using a null model, considering as recource axes monthly occurrence, pond occupancy and diet items. The pair-wise co-occurrence analysis between tadpoles and predaceous insects was carried out using a null model. Our main findings demonstrate that forest canopy cover and pond hydroperiod were the main factors influencing species abundance along water bodies sampled. There was a species sorting along these two environmental gradients, with species restricted to both ends of these continuums. There was a high overlap in seasonal occurence... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Community structure, Aquatic insects, Amphibians, Tadpoles, Resource partitioning, Ecological niche, Phenology, Predator-prey interactions, Habitat selection, Ecologia animal, Girino, Biodiversidade, Ecossistemas, Comunidades animais, Ecologia de comunidade, Diversidade biológica

Como citar

PROVETE, Diogo Borges. Uso de recursos e padrão de co-ocorrência com insetos predadores em comunidades sub-tropicais de girinos. 2010. 88 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, 2010.