Efeitos da aplicação do ultra-som de baixa intensidade na retração de caninos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2004-05-10

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Este trabalho busca avaliar na movimentação ortodôntica os efeitos de uma tecnologia chamada Ultra-Som de Baixa Intensidade, que produz alterações à nível celular nos tecidos aplicados, permitindo maximizar as respostas da remodelação óssea. As comprovações em animais já indicam a possibilidade de potencializar a movimentação ortodôntica, fazendo a aplicação durante 20 minutos diários. Para a avaliação com seres humanos, dez pacientes Classe II divisão 1 que necessitavam de extração dos primeiros pré-molares superiores foram selecionados. Após a extração e sequência dos arcos de alinhamento e nivelamento, foi realizada a retração parcial dos caninos superiores com molas de NiTi com força de 150 gramas. Neste dia os pacientes foram radiografados para a obtenção das telerradiografias 45º iniciais do lado direito e esquerdo. Após oito semanas de aplicação diária do Ultra-Som no lado sorteado, os pacientes foram novamente radiografados e obtivemos as telerradiografias 45º finais do lado direito e esquerdo. A partir disso, cefalogramas das telerradiografias iniciais e finais foram gerados e avaliados em um programa de cefalometria computadorizado. Tivemos variáveis que avaliaram angulação, deslocamento horizontal e vertical do lado que recebeu ultra-som (LUS) e do lado controle (LC). Após análise estatística, onde testes t de Student foram aplicados, percebemos a tendência dos caninos que receberam a aplicação do ultra-som de baixa intensidade, movimentar mais que os do lado controle. Outro aspecto foi ótimo controle de ancoragem que conseguimos com a força de 150 gramas de força e do uso da barra palatina.
The aim of this research is to evaluate the effects in orthodontic movement of the Low Intensity Ultrasond technology, which produces alterations on cellular level in the applied tissues, allowing the maximization of the bone remodeling response. Experimental studies in animals have already indicated the possibility to potencialize the orthodontic movement with twenty minutes daily ultrasound application. In order to evaluate its effect on human beings, ten Class II division 1 patients with the need of upper first premolars extraction were selected. After the upper premolars extraction and leveling and alignment of the archs, an upper canine partial retraction was obtained with NiTi coil spring delivering a force of 150g. Immediately after the installation of the springs, right and left 45º cephalometric radiographs were taken. After 8 weeks of daily application of ultrasound on the selected side, the final right and left 45º cephalometric radiographs were obtained. Then, initial and final cephalograms were traced and evaluated by a cephalometric software. We evaluated angulation and horizontal and vertical dislocation variables of either the ultrasound side (USS) or the control side (CS). After statistic analysis in a wich a t Student test was performed, we observed the tendency of increased movement of the experimental canines when compared to the control ones. Another important aspect was the good anchorage control obtained by the transpalatal arch use when a 150g force was applied.

Descrição

Palavras-chave

Movimentação dentária, Ultrassom, Cúspide, Tooth movement, Ultrasound, Cuspids

Como citar

ZAVAGLIA NETO, Regynaldo. Efeitos da aplicação do ultra-som de baixa intensidade na retração de caninos. 2004. 129 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de Araraquara, 2004.