A obesidade na contemporaneidade: mulheres na iminência da cirurgia bariátrica

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2020-02-17

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Introdução: A obesidade apresenta-se como um problema de saúde pública, ao mesmo tempo, como uma construção social, que mescla os sentidos e valores atribuídos a padrões sociais, que apontam para a objetificação do corpo feminino. No Brasil, e no mundo, dentre os indivíduos submetidos a cirurgia bariátrica, 80% são mulheres. Diante de tais fatos, emerge a necessidade de promover um cuidado para o preparo da cirurgia bariátrica relativa as perspectivas de gênero. Sendo assim, a pergunta balizadora do estudo é “Quais os significados que mulheres na iminência da cirurgia bariátrica atribuem à obesidade, ao corpo em excesso, à perspectiva de emagrecimento e aos padrões sociais de beleza?” Método: A partir de dados secundários, compostos pela gravação audiovisual de um grupo de mulheres que realizou acompanhamento ambulatorial por seis meses na fase preparatória para a cirurgia bariátrica, aplicou-se a técnica de análise conteúdo com referencial teórico das ciências humanas e sociais aplicadas à saúde. Resultados e discussão: Esse grupo de mulheres revelou uma relação entre como vivenciavam a construção do seu gênero com os seus corpos. Buscavam por meio da cirurgia bariátrica a adequação aos padrões socialmente impostos, por meio da libertação da gordura, a qual atribuíam a razão de suas comorbidades e infelicidades. Conclusão: As expectativas que esse grupo de mulheres possuem para a vida após a cirurgia são estruturadas pelo anseio de corresponder a uma série de requisitos sociais e estéticos que permeiam a vida das mulheres e dificultam o seu desenvolvimento enquanto sujeito. Sendo que esses mesmos requisitos corroboram para a objetificação do corpo feminino. Logo, este estudo aponta que para as mulheres o cuidado preparatório para a cirurgia que leve em consideração a perspectiva de gênero representa uma ferramenta para a reflexão sobre tais anseios, e pode contribuir para o desenvolvimento da autonomia e expectativa mais verossímil quanto aos resultados proporcionados pela cirurgia bariátrica.
Introduction: Obesity presents itself as a public health problem, at the same time, as a social construction, which mixes the meanings and values attributed to social standards, which point to the objectification of the female body. In Brazil, and worldwide, 80% of individuals undergoing bariatric surgery are women. Given these facts, the need to promote care for the preparation of bariatric surgery related to gender perspectives emerges. Thus, the guiding question of the study is “What are the meanings that women on the verge of bariatric surgery attribute to obesity, the excess body, the perspective of weight loss and the social standards of beauty?” Method: From secondary data, composed by the audiovisual recording of a group of women who underwent an outpatient follow-up for six months in the preparatory phase for bariatric surgery, the content analysis technique was applied with a theoretical framework from the human and social sciences applied to health field. Results and discussion: This group of women revealed a relationship between how they experienced the construction of their gender with their bodies. They sought through bariatric surgery to adapt to socially imposed standards, through the release of fat, which is attributed the reason for their comorbidities and unhappiness. Conclusion: The expectations that this group of women have for life after surgery are structured by the desire to correspond to a series of social and aesthetic requirements that permeate the lives of women and hinder their development as a subject. These same requirements corroborate to the objectification of the female body. Therefore, this study points out that for women, the preparatory care for surgery that takes into account the gender perspective represents a tool for reflecting on such desires, and can contribute to the development of autonomy and more credible expectations regarding the results provided by the bariatric surgery.

Descrição

Palavras-chave

Mulher, Obesidade, Cirurgia Bariátrica, Cuidado pré-operatório, Gênero, Pesquisa qualitativa, Woman, Obesity, Bariatric surgery, Preoperative care, Gender

Como citar