Qualidade de vida, qualidade do sono e fatores de risco cardiovascular de profissionais de enfermagem em um hospital universitário

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-07-12

Autores

Palhares, Valéria de Castilho [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Profissionais de enfermagem que trabalham em turnos em hospitais gerais podem apresentar alterações da qualidade do sono e prejuízo da qualidade de vida que podem se constituir como fator de risco cardiovascular. Os objetivos do presente estudo foram avaliar os fatores de risco cardiovascular (RCV) e o risco cardiovascular global (RCVG) em profissionais de enfermagem que trabalham em Hospital de Clínicas Terciário e estudar as associações desses desfechos com as características demográficas e com os escores de qualidade de vida (QV) e de qualidade do sono. Trata-se de estudo prospectivo, transversal, observacional, realizado com os profissionais de enfermagem do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu. O cálculo amostral levou em consideração o total de 989 profissionais de enfermagem que atuam no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, estratificado por local, adotando-se um erro alfa de 5% e uma prevalência de RCVG maior que 10% em 20% dessa população. Para tanto, o tamanho da amostra foi estimado em 250 participantes servidores distribuídos em 46 enfermeiros, 146 auxiliares de enfermagem e 58 técnicos de enfermagem. A população foi composta por 264 profissionais de enfermagem estratificados proporcionalmente em 52 enfermeiros, 60 técnicos de enfermagem e 152 auxiliares de enfermagem. A coleta de dados foi realizada no ano de 2010 por meio de questionários auto aplicáveis como o questionário de Índice de qualidade do sono de Pittsburgh (PSQI), o questionário de qualidade de vida WHOQOL-bref. Também foi avaliada a ficha de avaliação clínica e demográfica, que investigou os fatores de risco cardiovascular como sexo, idade, hipertensão arterial sistêmica (HAS), diabetes mellitus (DM), tabagismo, sobrepeso/obesidade e circunferência abdominal (CA). As variáveis...
Nursing professionals who work in shifts in general hospitals may show changes in quality of sleep and impaired quality of life that may be incurred as a cardiovascular risk factor. This study aimed to evaluate the cardiovascular risk factors (RCV) and the overall cardiovascular risk (RCVG) of the nursing staff working in a Tertiary Clinical Hospital and to study the outcomes of these associations with demographic characteristics and with the quality scores of life (QOL) and the quality of sleep. This is a prospective, transverse and observational study, conducted with the nursing staff of the Clinical Hospital, Medicine School of Botucatu. The sample size calculation took into account a total of 989 nursing professionals working at this Clinical Hospital, stratified by location, by adopting an alpha error of 5% and a prevalence of RCVG greater than 10% in 20 % of this population. Thus, the sample size was estimated at 250 participants distributed in 46 nurses, 146 nursing assistants and 58 nursing technicians. The population consisted of 264 nursing professionals stratified proportionally by 52 nurses, 60 nursing technicians and 152 nursing assistants. Data collection was performed in 2010 using self-applicable questionnaires as the Pittsburgh sleep quality (PSQI) Index questionnaire and the quality of life WHOQOL-bref questionaire. We also evaluated the clinical and demographic evaluation form, which investigated the cardiovascular risk factors such as gender, age, hypertension (HTN), diabetes mellitus (DM), smoking, overweight /obesity and waist circumference (WC). The demographic variables studied were education, occupation and work-related conditions such as shift, day, overtime, another job. Associations between variables were evaluated using the Spearman correlation coefficient, adopting the significance level of p <0.05. There... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Disturbios do sono, Qualidade de vida no trabalho, Sistema cardiovascular - Doenças - Fatores de risco, Enfermagem, Sleep disorders

Como citar

PALHARES, Valéria de Castilho. Qualidade de vida, qualidade do sono e fatores de risco cardiovascular de profissionais de enfermagem em um hospital universitário. 2012. 145 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Faculdade de Medicina de Botucatu, 2012.