Protocolo de assistência de enfermagem: visão do enfermeiro na estratégia saúde da família

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2017-02-10

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Introdução: Protocolos são instrumentos norteadores capazes de orientar o profissional na tomada de decisões visando atendimento integral. Os enfermeiros devem realizar a sistematização da assistência de enfermagem apoiados em protocolos aprovados pelos serviços de saúde. Objetivo: Identificar na literatura nacional, como o protocolo de enfermagem vem sendo discutido na perspectiva de diversos autores e conhecer os desafios na construção e implantação do protocolo de enfermagem na visão dos enfermeiros que compõem a Estratégia de Saúde da Família de um município do interior paulista e Método: Foi realizado uma revisão integrativa de literatura, e no segundo momento para a abordagem qualitativa os dados foram coletados por meio de grupo focal, nos meses de junho e novembro de 2015, sendo tratados pela análise de conteúdo e discutidos à luz da integralidade do cuidado. Resultados: Os resultados desta revisão desvelaram que esta ferramenta contribui com a enfermagem tanto em aspectos assistencias como gerenciais, fornecendo subsidios para uma prática sistematizada e de qualidade. A análise qualitativa dos dados desvelou três categorias: Protocolo de Assistência de Enfermagem: 1) visão do enfermeiro, 2) desafio da construção à implantação e 3) relacionamento da equipe multiprofissional e vínculo com a comunidade. Discussão: O protocolo de enfermagem oferece autonomia e segurança aos enfermeiros que dele se utilizam. Foi possível percebê-lo como construtor de vínculos entre os membros da equipe e população. Por outro lado, foi constatado que, além dos beneficios apresentados, o protocolo tem uma face representativa de sobrecarga profissional, por agregar mais responsabilidades. Conclusão: Este estudo revelou as diferentes concepções da construção, validação e implantação de protocolos de assistência em seu cotidiano na sistematização da assistência de enfermagem, tais como: construção coletiva, sistematização do cuidado, valorização profissional, dentre outros. Os resultados foram reveladores para outros cenários semelhantes e poderão auxiliar na materialização da sistematização de enfermagem amparada pela integralidade do cuidado tão almejada pelos mesmos.
Introduction: Protocols are guiding instruments capable of guiding the professional in making decisions aiming at integral care. Nurses must carry out the systematization of nursing care supported by protocols approved by the health services. Objective: Identify in the national literature, how the nursing protocol has been discussed in the perspective of several authors and to know the challenges in the construction and implantation of the nursing protocol in the view of the nurses who makes up the Strategy of Family’s Health of a city in the interior of São Paulo; unveiling it contribution to the effectiveness of nursing care, raising the difficulties and facilities during this process. Method: An integrative literature review was carried out, and in the second moment for the a qualitative study with data collected through a focus group, in the months of June and November 2015, being treated by the content analysis and discussed in the light of integral care. Results: The results of this review revealed that this tool contributes to nursing both in aspects of care and management, providing subsidies for a systematic and quality practice. The analysis of the data revealed three categories Nursing Assistance Protocol: 1) nurses' vision, 2) construction challenge to the implementation, and 3) multiprofessional team relationship and bond with the community. Discussion: The nursing protocol offers autonomy and safety to the nurses who use it. It was possible to realize it as a linker between team members and the population. On the other hand, it was found that, in addition to the benefits presented, the protocol has a representative face of professional overload, since it adds more responsibilities. Conclusion: This study revealed the different conceptions of the construction, validation and implementation of assistance protocols in it routine in the systematization of nursing care, such as: collective construction, systematization of care, professional valuation, among others. The results were revealing to other similar scenarios and could help in the materialization of the nursing systematization supported by the integrality of the care so desired by them.

Descrição

Palavras-chave

Enfermagem, Saúde da família, Protocolo, Nursing, Family health, Protocol

Como citar