A interface música e linguística como instrumental metodológico para o estudo da prosódia do português arcaico

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010-08-20

Autores

Costa, Daniel Soares da [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Esta tese de doutorado tem por objetivo confirmar a possibilidade de uma conexão entre a música e a linguística no desenvolvimento de uma nova metodologia para o estudo da prosódia de línguas mortas ou de períodos anteriores de línguas vivas. Tal metodologia baseia-se, resumidamente, na observação das proeminências musicais de textos poéticos musicados, na observação das proeminências linguísticas do texto dos poemas, junto com a observação da estrutura métrica dos mesmos. Sendo assim, partiu-se da ideia de que o tempo forte do compasso musical (o primeiro tempo) marca preferencialmente uma proeminência no nível linguístico, podendo servir de base para a localização das sílabas tônicas das palavras do texto, o que poderia fornecer pistas para o estudo do acento lexical de palavras em línguas que já não possuem falantes, nem registros orais. O corpus utilizado na pesquisa que sustenta essa tese constitui-se de um recorte das cem primeiras Cantigas de Santa Maria de Afonso X, tomadas a partir das suas versões transcritas por Anglés (1943) para a notação musical atual. Os dados foram coletados por meio da elaboração de fichas de análise, as quais mostram, de maneira clara, as coincidências entre proeminências nos níveis musical e linguístico. Vale ressaltar que foram coletadas trinta e oito mil e dezoito palavras, por meio das quais foi possível analisar a atribuição do acento lexical nas três pautas prosódicas existentes no português arcaico (oxítonas, paroxítonas e proparoxítonas), além e abrirmos uma discussão a respeito da tonicidade de monossílabos e o status prosódico de clíticos; também foi possível analisar a ocorrência do acento secundário, uma das maiores contribuições deste trabalho para a descrição da prosódia dessa língua. Dialogando com os trabalhos de...
This thesis aims to confirm the possibility of a connection between Music and Linguistics on the development of a new methodology applied to the study of the prosody of dead languages or ancient periods of living languages. This methodology is based on the observation of musical prominences of poetic texts with musical notation, and on the observation of linguistic prominences of the texts, considering their metrical structure. There is a great probability of the musical stresses (the first beat of the measure) to coincide with the stressed syllable of the words. This fact provides clues for the study of lexical stress in past periods of the language. The corpus used for this research is composed by the first hundred Cantigas de Santa Maria, which were compiled by Alfonso X and transcribed for the contemporary musical notation by Anglés (1943). The data were collected by means of the elaboration of boards which show the coincidences between prominences at musical and linguistic levels. It is important to point out that thirty eight thousand and eighteen words were collected; this fact enabled the analysis of the attribution of the lexical stress in Medieval Portuguese. Moreover it was possible to discuss the prominence grade of monosyllables and to analyze the occurrence of secondary stresses, maybe the largest contribution of this research in the description of the prosody of that language. Dialoguing with previous researches such as Massini-Cagliari (1995, 1999, 2005) and Costa (2006) - regarding the attribution of the lexical stress in Medieval Portuguese - and Collishonn (1994) - regarding the secondary stress in Brazilian Portuguese - we could verify that the methodology developed in this thesis brought significant contributions for the description of the Medieval Portuguese phonological component as it allowed the analysis of... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Lingua portuguesa - Historia, Linguística, Música, Gramática comparada e geral - Fonologia, Ritmo, Português arcaico, Cantigas de Santa Maria, Prosódia, Teoria métrica, Sílaba, Acento primário, Acento secundário, Clíticos, Medieval portuguese, Phonology, Prosody, Parametrical metrical phonology, Portuguese history, Syllable, Rhythm, Lexical stress, Secondary stress, Monosyllables

Como citar

COSTA, Daniel Soares da. A interface música e linguística como instrumental metodológico para o estudo da prosódia do português arcaico. 2010. 200 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, 2010.