Avaliação cinemática de cães hígidos da raça Poodle

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-01-17

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O trabalho teve por objetivos avaliar padrões cinemáticos dos membros torácicos e pélvicos em cães hígidos da raça poodle. Para tanto, foram utilizados nove cães não castrados, sendo quatro machos e cinco fêmeas, com peso entre 4,8 e 7,3 kg, e idade entre 2 e 6 anos. Foram posicionados 11 marcadores esféricos reflexivos usando fita adesiva de dupla face. Para a análise da cinemática foi utilizado equipamento com 3 câmeras, sendo o estudo efetuado com os marcadores posicionados primeiro no lado direito e após no lado esquerdo. A velocidade da esteira foi mantida entre 1,4 m/s e 1,6 m/s. Para cada cão, no mínimo cinco ensaios válidos foram completados para os lados direito e esquerdo. Os dados foram analisados com um programa de análise de movimento (Vicon® Motus 9). Foram registrados os valores angulares (máximo, mínimo e amplitude) a velocidade angular (máximo, mínimo e amplitude) e a aceleração angular (máximo, mínimo e amplitude) das articulações do ombro, cotovelo, do carpo, coxofemoral, joelho e do tarso. Foi usado o teste T para amostras independentes para comparar os parâmetros do lado direito aos do lado esquerdo, dos membros torácicos e pélvicos. Diferenças foram consideradas estatisticamente significantes com p<0.05. Tanto para o lado esquerdo quanto para o lado direito, não foram observadas diferenças estatisticamente significantes para todas as variáveis analisadas. Alguns dos marcadores distais tanto dos membros torácicos como pélvicos foram temporariamente invisíveis ou completamente perdidos durante as trilhas. Por isso, em alguns parâmetros de reconstrução, especialmente o fator de aceleração, foi realizada interpolação, para garantir as trajetórias tridimensionais desses marcadores, minimizando as interrupções e fragmentação das coordenadas. Como conclusão...
The aim of this study was to evaluate kinematic patterns of forelimbs and hind limbs in clinically normal miniature poodle dogs. Nine dogs were used; 4 males and 5 females, weighing 4.8-7.3kg, and aged from 2 to 6 years. Each dog was tagged with 11 reflective spherical markers using double-sided adhesive tape. Kinematic data were collected by use of a 3-camera system. The kinematic study was performed with markers placed first on the right side of the dog, and after on the left side. Velocity of the treadmill was maintained between 1.4 and 1.6 m/s. A minimum of 5 valid trials were obtained from the right and left sides of each dog. Data were analyzed by use of a motion-analysis program (Vicon Motus 9). Flexion and extension joint angles (maximum, minimum, displacement), angular velocity (maximum, minimum, displacement), and angular acceleration (maximum, minimum, displacement) were determined for the shoulder, elbow, carpal, hip, stifle, and tarsal joints. Statistical analysis using Student's t-Test for dependent samples was performed to compare values from the right side to the left side of both forelimbs and hind limbs. Differences were considered significant at p<0.05. No significant differences were observed between the right and left limbs in all variables. Some of the distal reflective markers the forelimbs and/or hind limbs were temporarily invisible or even completely lost during the trials. For this, some reconstruction parameters, especially acceleration factor, were readjusted to guarantee the threedimensional trajectories of these markers, minimizing the interruptions and fragmentation of the coordinates. In conclusion, the kinematic patterns of forelimbs and hind limbs in clinically normal miniature poodle dogs trotting on a treadmill at a constant velocity may be obtained. However, more... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Locomoção animal - Avaliação, Cão - Doenças - Tratamento, Dog - Trot - Evaluation

Como citar

OTONI, Carolina Campos. Avaliação cinemática de cães hígidos da raça Poodle. 2011. 58 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, 2011.