Microbial rennet produced by Mucor miehei in solid-state and submerged fermentation

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2005-11-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Brazilian Archives of Biology and Technology

Resumo

A produção de renina microbiana por Mucor miehei foi estudada através de Fermentação Submersa e em Estado Sólido. O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito de diferentes fontes de carbono e nitrogênio, utilizando Fermentação Submersa e da adição de caseína utilizando Fermentação em Estado Sólido na produção da renina microbiana. Os picos de biomassa foram de 6,7; 8,1 e 8 g/L e atividade enzimática de 1.066; 857 e 480 Unidades Soxhlet (U.S.) para as concentrações de glicose: 18, 25 e 35 g/L respectivamente. em frascos aletados, os picos de biomassa foram de 6,7; 8,3 e 10 g/L e atividade enzimática de 648, 279 e 300 U.S., para a mesma concentração de glicose. Quando se utilizou Proflo (Farinha de semente de algodão, Traders ®) e Água de Maceração de Milho os picos de atividade enzimática foram de 667 e 923 U.S., respectivamente. Nos experimentos utilizando Fermentação em Estado Sólido com a adição de HCl 0,2 N a máxima atividade enzimática foi de 414 U.S. e, quando utilizou-se caseína (1 e 2 gramas), verificou-se valores mais altos de atividade: 966 e 1117 U.S respectivamente. Os resultados sugerem que o aumento na concentração de glicose afeta a síntese da enzima e que a caseína é um importante fator na indução neste processo. Fermentação em Estado Sólido pode ser considerada uma boa opção para a produção de renina.
The aim of this work was to study the effect of carbon and nitrogen sources in submerged fermentation, and the casein effect on solid-state fermentation on rennin production by Mucor miehei. Biomass peaks reached 6.7; 8.1 and 8 g/L and enzymatic production peaks of 1,066; 857 and 480 Soxhlet Units (S.U.) for glucose concentration of 18; 25 and 35 g/L respectively. Flasks with baffles showed biomass peaks of 6.7; 8.3 and 10 g/L and enzyme activity peaks of 648; 279 and 300 S.U. for the same glucose concentration. The values of 923 and 667 S.U. were obtained when corn steep liquor and Proflo (Cottonseed Nutrients from Traders ®) were used. In SSF system the enzymatic activities were 414, 264 and 167 S.U., when using HCl 0.2 N, 0.3 N and 0.4 N respectively. SSF experiments using 1 and 2 g of casein/gram wheat bran (10% moisture) showed an increase in the enzymatic production (966 and 1,117 S.U.). The results suggested that increase in glucose concentration affected the enzyme synthesis, and casein was the prime factor in the enzyme synthesis induction. SSF showed to be a good system for rennin production.

Descrição

Palavras-chave

Mucor miehei, rennin, clotting activity, casein, solid-state fermentation, submerged fermentation

Como citar

Brazilian Archives of Biology and Technology. Brazilian Archives of Biology and Technology, v. 48, n. 6, p. 931-937, 2005.