Inspeção pós-morte de bovinos: ocorrência de alterações sanitárias no abate e respectivo impacto em relação ao mercado globalizado

Imagem de Miniatura

Data

2014-01-31

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Since 2005, the Codex Alimentarius committee began a new journey regarding the ante and post morten inspection practices, including this practice permanently at the security and safety plans. Methods and techniques tests adoption are recommended or analyze that have focus or characteristics based on HACCP program that have scientific fundamentals and systematic character that permit identify the specific hazard and measures for their control – prevention, reduction or elimination, ensuring the food safety in risk analysis international tolerable. This review aimed to analyze and discussion from adopted practices during the bovine post mortem inspection based on the sanitary occurrence monitoring during 2012, and based on retrospective study of these sanitary occurrences from 2007 to 2011, order to discuss and possible adequacy from these practices based on Codex Alimentarius requirements and recommendations. In this period were observed, 17.981 cases of cysticercosis (1,68%), 557 tuberculosis (0,5%), 13315 hepatic abscess (0,12%) and 235 pneumonia. (0,02%) in a total of 1.067.584 slaughtered animals. The general index to the sanitary changes occurrence at the post mortem exam at the period were 1,9%, what mean that each 100 animals slaughtered 2 need procedures to take care about customers heath safety. Although looks like a small quantity, it’s a big number that impose the necessity of the sanitary programs upgrading
A partir de 2005, a comissão do Codex Alimentarius deu início a uma nova empreitada no que diz respeito às práticas da inspeção ante e pós-morte, inserindo-as definitivamente nos planos de segurança e inocuidade. Recomenda-se, a adoção de métodos e técnicas de exames ou de análises que possuam enfoque ou características baseados no sistema APPCC (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle – HACCP), que tem fundamentos científicos e caráter sistemático, permitindo identificar perigos específicos e medidas para seu controle - prevenção, redução ou eliminação, garantindo a inocuidade dos alimentos em margens de risco (Risk Analysis) aceitáveis internacionalmente. Este estudo visou à análise e a discussão das práticas vigentes durante a inspeção pós-morte de bovinos com base no monitoramento das ocorrências sanitárias durante o ano de 2012 e estudo retrospectivo da evolução dessas ocorrências entre os anos 2007 e 2011, com vistas à discussão e possível adequação dessas práticas com base nos requisitos e recomendações do Codex Alimentarius e do sistema de gestão de caráter preventivo definido pelo plano APPCC, focando-as em análises de risco. Nesse período, foram observados 17.981 casos de cisticercose (1,68%), 557 casos de linfadenite do tipo tuberculosa (0,05%), 1315 ocorrências de abscessos hepáticos (0,12%) e 235 casos de pneumonia (0,02%), num total de 1.067.584 animais abatidos. O índice geral para ocorrência de alterações sanitárias no exame pósmorte para o período foi de 1,9%, significando que dois em cada 100 animais abatidos demandam providências que salvaguardem a saúde dos consumidores. Embora pareça pequena, essa ainda é uma cifra muito elevada que impõe a necessidade do aprimoramento dos programas sanitários na exploração animal e sua efetiva adoção e responsabilização com base nas boas práticas de produção

Descrição

Palavras-chave

Bovino, Condições sanitarias, Avaliação de riscos, Carne - Inspeção, Higiene alimentar, Sanitary affairs

Como citar

TIVERON, Daniela Verardino. Inspeção pós-morte de bovinos: ocorrência de alterações sanitárias no abate e respectivo impacto em relação ao mercado globalizado. 2014. vi, 56 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal, 2014.