Evidências da associação entre hormônios do estresse e câncer de boca

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-08-21

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Introdução: Estudos têm mostrado que o estresse pode influenciar o desenvolvimento e a progressão do câncer. Entretanto, pouco se sabe sobre a interferência de fatores neurohormonais relacionados ao estresse, como o cortisol e a catecolamina norepinefrina (NE), sobre o carcinoma espinocelular (CEC) de boca. Proposição: Neste estudo, nós investigamos se pacientes portadores de CEC de boca apresentam alterações nos níveis matinais de cortisol plasmático e salivar, da quimiocina CXCL12 plasmática e de óxido nítrico (NO) salivar. Além disso, investigamos os efeitos da NE, isoproterenol (um agonista ß-adrenérgico) e cortisol sobre linhagens celulares derivadas de CEC de boca. Pacientes e métodos: Foram avaliados 34 pacientes com CEC de boca, 17 pacientes com CEC de orofaringe, 17 portadores de leucoplasia bucal, 27 indivíduos expostos ao tabagismo e/ou alcoolismo e 25 voluntários saudáveis. Os níveis salivares e plasmáticos de cortisol e os níveis plasmáticos de CXCL12 foram analisados por ELISA. A dosagem de NO salivar foi feita pelo método de Griess. A associação com variáveis clínicas como idade, sexo, consumo de cigarro e álcool, estádio clínico e ciência do diagnóstico foi investigada. Os efeitos da NE, do isoproterenol e do cortisol sobre a expressão de Interleucina-6 (IL-6) e NO foram investigados nas células derivadas de CEC de boca SCC9 e SCC25. A expressão de IL-6 pelas linhagens celulares foi analisada por PCR em tempo real e a produção da proteína no sobrenadante celular por ELISA. A dosagem de NO no sobrenadante foi feita pelo método de Griess. Os efeitos dos hormônios do estresse sobre a proliferação celular das células SCC9 foram avaliados por MTT. A expressão de receptores adrenérgicos ß1 e ß2 foi analisada nas linhagens SCC9 e SCC25 e em amostras humanas de CEC de boca, leucoplasia e mucosa bucal normal por PCR em tempo...
Background: Investigations had showed that stress can influence the development and progression of cancer. However little is known about the interference of stressrelated neurohormones factors on the oral squamous cell carcinoma (OSCC). Purpose: In this study we investigated whether patients with OSCC show changes in levels of morning salivary and serum cortisol, serum CXCL12 and salivary nitric oxide (NO). Moreover we evaluated the effects of stress hormones on cell lines derived from OSCC. Patients and methods: The serum levels of cortisol and CXCL12 and the levels of salivary cortisol and NO (form of NO2) were studied in thirty-four patients with OSCC, and compared with seventeen patients with oropharynx SCC, seventeen patients with oral leukoplakia, twenty-seven individuals exposed to cigarette smoke and / or alcohol and twenty-five healthy volunteers. The association with clinical data such as age, sex, consumption of cigarettes and alcohol, clinical stage and the consciousness of diagnosis was investigated. The effects of stress-related mediators including norepinefrine (NE), isoproterenol and cortisol on the production of Interleukine-6 (IL-6) and nitric oxide were studied in the cells derived from OSCC SCC9 and SCC25. The IL-6 expression was evaluated by real time PCR and the protein concentration in supernatants using ELISA. The concentration of NO in culture supernatants was measured with Griess reagent. The effects of hormones on cell proliferation of SCC9 cells was evaluated by MTT. The expression of ßadrenergic receptors was evaluated by real time PCR in SCC9 and SCC25 cells and in 20 samples of OSCC, 17 of leukoplakia and 15 of normal oral mucosa samples. Results: The serum and salivary levels of cortisol were significantly higher in patients with OSCC compared with patients with leukoplakia, smokers and / or drinkers and... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Boca - Cancer, Cancer, Stress (Psicologia), Noradrenalina, Hormonios, Neoplasias bucais, Neoplasias, Estresse psicológico, Hidrocortisona, Norepinefrina, Mouth neoplasms, Neoplasms, Stress, Psychological, Hydrocortisone, Norepinephrine, Hormones

Como citar

BERNABÉ, Daniel Galera. Evidências da associação entre hormônios do estresse e câncer de boca. 2009. 115 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2009.