Por uma televisão cultural-educativa e pública: a TV Cultura de São Paulo, 1960-1974

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010-12-10

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo central analisar historicamente as discussões e iniciativas envolvidas na constituição de modelos de TV cultural-educativa e/ou pública no Brasil durante o período de 1960 a 1974, tendo como eixo norteador o estudo histórico das relações que tornaram possível a TV Cultura, canal 2, de São Paulo, quer em sua fase como emissora privada, quer como tevê pública. Dessa forma, esta pesquisa de mestrado tem como intento trazer a lume dados e análises que permitam comprovar a hipótese de que as definições e as iniciativas, tanto da ordem privada como governamental, voltadas para a TV como serviço público e veículo cultural-educativo se mostram limitadas e frágeis. Limitadas em razão delas se restringirem inicialmente ao âmbito dos agentes atuantes no campo da comunicação social, portanto, sem amplitude social, e posteriormente serem encapadas pelo Estado brasileiro em momento de acentuado autoritarismo. Frágil por que não permitiram instrumentos e mecanismos para engendrar uma diretriz de programação consistente à televisão educativa que lhe possibilitasse, ao mesmo tempo, significativa aderência da audiência e graus considerados de autonomia na sua condução. Nesta direção, esta pesquisa analisa a formação e o desenvolvimento do campo televisivo brasileiro e as visões e interesses da imprensa impressa sobre este, mais especificamente dos periódicos O Estado de S. Paulo, Diário de São Paulo e O Cruzeiro. Pontua o debate e as iniciativas voltadas para a elaboração de representações e práticas ocupadas com o modelo de televisão cultural-educativa e/ou pública durante o período de 1960 a 1974, advindas de instituições, movimentos e grupos do campo político, social...
This current dissertation has as central objective to analyse historically discussions and initiatives that are involved in constitutions of models of public and/or cultural-educational TV in Brazil during the period from 1960 to 1974, having as orientate axle the historical study of relations which become possible the TV Cultura, channel 2, of São Paulo, either in its phase as private broadcasting station, or as public TV. So, this research of master´s degree has the aim to bring the light data and analyses that can prove the hypotheses of what the definitions and the initiatives, as the private order as governmental one, turned to a like a public service and cultural-educational means show limited and fragile. Limited in reason to restrict initially to the active agents level in the social communication field, so, without social amplitude, and subsequently to be adopted by Brazilian State in moment of marked authoritarian. Fragile because they didn´t allow instruments and mechanisms to dream up a directive of consistent programming to educational television that can be possible, as the same time, significant adherent to audience and considered rates of autonomy in its conduction. In this direction, this research analyses the formation and development of Brazilian TV field and views and interests of pressed media on this one, more specifically of newspaper such as O Estado de S. Paulo and Diário de S. Paulo and magazines such as O Cruzeiro. Marked the debate and initiatives turned to the elaboration of representations and practices occupied with a model of cultural-educational and/or public TV during the period from 1960 to 1974, resulting from institutions, movements... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Televisão, Imprensa, Radio e Televisão Cultura de São Paulo, TV Models, Brazilian TV, Cultural-Educational and/or Public TV in Brazil, Pressed Media and TV, TV Cultura of São Paulo

Como citar

BARROS FILHO, Eduardo Amando de. Por uma televisão cultural-educativa e pública: a TV Cultura de São Paulo, 1960-1974. 2010. 212 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, 2010.