Influência de bebidas pigmentantes na alteração de cor e fluorescência de dentes bovinos clareados: estudo in situ

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-09-10

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

The aim of this study was to evaluate the color change and fluorescence intensity of bovine dental fragments subjected to bleaching simultaneously to dye-containing beverages. For this purpose, 36 fragments of bovine teeth were obtained and subjected to at-home bleaching with carbamide peroxide 10% during 3 hours and immersion in dye-containing beverages for 10 minutes daily for 14 days. Teeth were divided according to the pigmenting substance: G1- distilled water, G2- coffee and G3- grape juice (n=12). Twelve volunteers used an intra-oral mobile device containing 3 dental fragments during 14 days. The volunteers were instructed to use the device all day-long, except during feeding and hygiene procedures and pigmenting challenge. Measurements of color and fluorescence intensity were performed before bleaching, and after each week of treatment. The data were submitted to Friedma's test for individual analysis of ΔL, Δa and Δb variables, ANOVA and Fisher's teste were applied to analyze the color change (ΔE) and fluorescence intensity change at 5%. It was observed that the pigmenting subtance had no influience to bleaching, without significant difference (p>0.05) compared to control group, in all periods. Fluorescence results were changed when the samples were submitted to pigmenting challenge (p<0.0001). It was concluded that the teeths immersin in dye-containing beverages did not influence the change color during the bleaching however the fluorescence intensity was affected
O objetivo deste estudo foi avaliar a alteração de cor e da intensidade fluorescência de espécimes dentais bovinos submetidos a terapia clareadora e à ação de bebidas contendo corantes. Para tanto, foram confeccionados 36 blocos de dentes bovinos que foram submetidos simultaneamente a 14 dias de clareamento caseiro com peróxido de carbamida a 10% e à imersão em bebidas contendo corantes por 10 minutos diários. Os grupos foram divididos de acordo com a substância pigmentante: G1- Controle (água destilada), G2- Café e G3- Suco de uva industrializado. Doze voluntários utilizaram um dispositivo intrabucal removível contendo 3 espécimes dentais, durante os 14 dias de tratamento clareador. Os voluntários foram orientados a utilizar o dispositivo durante o dia todo, com exceção dos momentos destinados à alimentação, higienização, desafio pigmentante e durante as leituras de cor e fluorescência, que foram realizadas através de espectrofotometria em três etapas distintas: antes do tratamento dos espécimes, após 7 e, 14 dias de tratamento clareador e pigmentação. Os dados foram submetidos ao teste de Friedman para análise individual das variáveis ΔL, Δa e Δb e os testes ANOVA e Fisher's PLSD aplicados para análise da alteração de cor (ΔE) e intensidade de fluorescência, todos a 5% de significância. Os valores obtidos mostraram que as substâncias pigmentantes não tiveram influência sobre o clareamento dental, não havendo diferença estatisticamente significante (p>0,05) em relação ao grupo controle, em todos os períodos analisados. Já os resultados de fluorescência foram alterados quando as amostras foram submetidas às substâncias pigmentantes (p<0.0001). Concluiu-se que a embebição dos dentes em substâncias corantes não influenciou a alteração de cor durante o tratamento clareador porém afetou a intensidade de fluorescência

Descrição

Palavras-chave

Clareamento dental, Cor, Fluorescência, Teeth bleaching

Como citar

HILDEBRAND, Mariana Campos. Influência de bebidas pigmentantes na alteração de cor e fluorescência de dentes bovinos clareados: estudo in situ. 2013. 68 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2013.