Impacts of ocean warming and ocean acidification in predator-prey interaction in intertidal zone: what is known in the last decade

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-02-24

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Os efeitos do aquecimento e acidificação dos oceanos na interação presa-predador na zona do entremarés é um tópico de crescente preocupação para a comunidade científica na última década. Nesta revisão, nós visamos entender como a comunidade cientifica explorou este problema via “research weaving”. Esta técnica é uma combinação de uma coleção sistemática de artigos em um conjunto de dados e uma revisão bibliométrica e literária de dados geográficos, institucionais, sobre periódicos e conteúdo bibliográfico de cada estudo. Nós coletamos artigos publicados entre 2010 e 2021 sobre como ambos estressores impactaram a predação na zona do entremarés, via métodos experimentais ou de observação. O Conjunto de dados (composto por 224 artigos) revelou uma forte rede de coautoria entre instituições e países do norte global. Esta revisão também revelou a gama de métodos usados para investigar como o estresse induzido pelas mudanças climáticas afetou a predação no entremarés, favorecendo designs baseados em um único estressor. Os pesquisadores também preferiram certos organismos modelo, como moluscos, equinodermos e crustáceos, com poucos dados publicados sobre outros taxa de invertebrados, vertebrados e de algas. Também fornecemos uma breve revisão de literatura sobre vários impactos da acidificação, aquecimento, ou sua interação em variáveis relacionadas à predação, afetando organismos desde o âmbito genético até um cenário ecológico maior. Esta revisão pode ajudar a orientar estudos futuros, avaliando o que já foi estudado e as lacunas em temas emergentes que podem ser preenchidas. Isso pode apoiar futuras decisões em formulação de políticas e servir de base para futuras revisões na área.
The effects of Ocean warming and Ocean acidification in the intertidal zone predator-prey interaction is a growing topic of concern to the scientific community in the last decade. In this review, we aim to understand how the scientific community explored this issue via a research weaving technique, a combination of systematic collection of articles to a dataset, and a bibliometric and literary review of data concerning geography, institutions, journals, and bibliographic content in each study. We collected articles published between 2010 and 2021 about how both stressors impacted predation in the intertidal zone, via experimental or observational methods. The dataset (comprised of 224 articles) showed a strong web of coauthoring across institutions and countries from the northern hemisphere. This review also revealed a plethora of methods used to delve into how climate change-induced stress affected intertidal predation, as studies design leaned towards single-based driver trials to detriment of the multi-drivers approach. The researchers also preferred model organisms such as Mollusks, Echinoderms, and Crustaceans, with little published data on fellow invertebrates, vertebrates, and algae taxa. We also provide a brief literature review about various impacts of ocean acidification, warming, or their interaction in predation-related variables, affecting organisms from the genetic to a greater ecological scope. Our findings can help to guide how future studies can approach this issue, by evaluating what is already done and gaps in emerging themes that can be fulfilled. This can support future policy-making decisions and give the base to future reviews in the area.

Descrição

Palavras-chave

Revisão, Mudanças do clima, Interações ecológicas, Bibliometria, Tecelagem de pesquisa, Review, Climate change, Ecological interactions, Bibliometrics, Research weaving

Como citar