O povo Igbo não conhecia reis: estudo sobre a produção intelectual de Chinua Achebe e o combate ao imperialismo Britânico

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2021-10-18

Autores

Paes, Elvis Rogerio

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Esta dissertação de mestrado possui como objetivo de análise, investigar as representações da colonização imperialista e da hibridação cultural presentes na produção intelectual do escritor nigeriano Chinua Achebe (1930 – 2013). A partir dos traços de seu itinerário, o estudo percorrerá averiguando os vestígios de suas redes sociais, o seu posicionamento político-cultural e a ideologia característica de um africano igbo, que foi educado em uma cultura com valores binários. A pesquisa elege como objeto central de estudo o seu clássico romance histórico: A Flecha de Deus, que em articulação com a sua obra A educação de uma criança sob o Protetorado Britânico, esculpem o pano de fundo para se estudar e compreender as reações e apropriações dos chefes africanos igbos, em relação ao jogo político que foi difundido pelo europeu britânico no período colonial da Nigéria, ocorrido entre os anos de 1880 até 1960. Desta maneira, esta pesquisa realiza um exame da produção literária de Chinua Achebe, que revelam as dinâmicas estabelecidas entre o povo igbo e o colonizador britânico, em meio as diversas linhas de forças que convergiram para esse “encontro”.
This master's thesis aims to analyze, investigate the representations of imperialist colonization and cultural hybridization present in the intellectual production of the Nigerian writer Chinua Achebe (1930 – 2013). Based on the traces of his itinerary, the study will cover the traces of his social networks, his political-cultural positioning and the characteristic ideology of an Igbo African, who was educated in a culture with binary values. The research chooses as the central object of study his classic historical novel: The Arrow of God, which, in conjunction with his work The education of a child under the British Protectorate, carves the background to study and understand the reactions and appropriations of African Igbo chiefs, in relation to the political game that was spread by the British European in the colonial period of Nigeria, which took place between the 1880s and 1960. In this way, this research examines the literary production of Chinua Achebe, which reveal the dynamics established between the Igbo people and the British colonizer, amidst the different lines of forces that converged for this “encounter”.

Descrição

Palavras-chave

Colonialismo, Cultura, Nigéria, África, Estudos Africanos, A flecha de Deus, Achebe, Chinua, 1930-2013, Igbos - Povos, tribos e culturas

Como citar