Terceirização e acumulação flexível do capital: notas teórico-críticas sobre as mutações orgânicas da produção capitalista

Imagem de Miniatura

Data

2011-09-12

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O objetivo deste ensaio é apresentar elementos teórico-críticos para apreender o processo de terceirização como sendo um traço compositivo da nova configuração do capitalismo flexível no contexto da mundialização do capital. A terceirização visa racionalizar, sob as novas condições da concorrência e acumulação capitalista, a exploração da força de trabalho assalariado no interior de um novo modo de cooperação capitalista: a cooperação complexa, etapa superior da grande indústria sob as condições da revolução informacional.
This essay seeks to provide theoretical and critical elements to see the outsourcing process as a compositional feature of the new configuration of flexible capitalism in the context of globalization of capital. Outsourcing is designed to rationalize, under the new conditions of competition and accumulation, the exploitation of the workforce employed within the new capitalist mode of cooperation: cooperation complex, higher stage of the great industry under the terms of the information revolution.

Descrição

Palavras-chave

Terceirização, Reestruturação produtiva, Precarização do trabalho, Sindicalismo, Acumulação flexível, Outsourcing, Restructuring of production, Precariousness of work, Unionism, Flexible accumulation

Como citar

Estudos de Sociologia, v. 16, n. 31, 2011 Dossiê trabalho e sindicato.