Doses e épocas de aplicação de molibdênio no milho-doce

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2017-11-07

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Considerando que a aplicação de molibdênio, via foliar, pode proporcionar aumentos na produção do milho-doce e que a época de aplicação pode afetar a efetividade de sua ação, realizou-se um experimento, no período de agosto a novembro de 2015, em Jaboticabal, SP, Brasil, com o objetivo de avaliar o desempenho agronômico do milho-doce em resposta à adubação molíbdica foliar e épocas de aplicação. O teor foliar de molibdênio (Mo) foi influenciado pela interação dos fatores. O maior teor foi observado quando se aplicou a maior dose de Mo (450 mg ha-1) na terceira época (45 dias após a emergência - DAE), o qual foi equivalente ao incremento de 1.2% no teor do micronutriente nas folhas em relação ao observado em plantas não tratadas com Mo. O teor de nitrogênio foliar também foi maior com a aplicação da dose mais alta de Mo. Máximo número (49.477) e produtividade (13.211 kg ha-1) de espigas comerciais foram obtidos com 315 e 311 g ha-1 de Mo, respectivamente. Máxima produtividade de grãos (5.055 kg ha-1) foi atingida com a dose de 334 g ha-1 do micronutriente.
Considering that the foliar application of molybdenum promotes an increased yield in sweet corn crop and that the application timing might affect its efficacy, this experiment was carried out from August to November of 2015, in Jaboticabal, Sao Paulo State, Brazil, aiming to evaluate the agronomic performance of sweet corn in response to rates and times foliar application of molybdenum. Molybdenum (Mo) foliar content influenced by the interaction between the assessed factors, with the highest value corresponding to the highest Mo dose (450 mg ha-1 ) at the third application moment (45 days after emergence – DAE), representing a 1,2% increase when compared to plants that did not receive this micronutrient. Foliar content of N also was enhanced with the application of the highest dose of Mo. The highest number (49,477) and yield (13,211 kg ha-1 ) of commercial ears were reached with 315 and 311 g ha-1 of Mo, respectively. The highest grain yield (5,055 kg ha-1 ) was obtained with 334 g ha-1 of the micronutrient.

Descrição

Palavras-chave

adubação molibdica, micronutriente, Zea mays var. saccharata, micronutrient, molybdenum fertilization

Como citar