Caracterização fenotípica e genética e do comportamento de reintegração social de perdizes (Rhynchotus rufescens) criadas em cativeiro

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-10-20

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

As características comportamentais de uma espécie em processo de domesticação são muito importantes, pois a criação requer animais dóceis e sociáveis. Assim, torna-se necessário conhecer essas características, pois têm consequências relevantes no bem estar e desempenho das aves em cativeiro. O comportamento de reintegração social (CRS) pode ser avaliado em um labirinto de campo aberto observando-se sua aproximação ou não do animal da mesma espécie, no período de cinco minutos. Dessa forma, o objetivo desse trabalho foi avaliar o CRS em perdizes determinando-se as fontes de variação e os parâmetros genéticos para essa característica em animais criados em cativeiro. Foi realizada estatística multivariada, utilizando-se análise de fatores que revelou a existência de dois grupos distintos dentro da amostra analisada. Os componentes de (co) variância foram obtidos por inferência bayesiana usando máxima verossimilhança para as características do CRS, para dados não transformados e transformados. As características estudadas, sendo que as duas primeiras representam o grupo dos evitadores e as duas últimas, o grupo dos locomotores, foram parado no quadrante 1 (Pq1), parado no quadrante 4 (Pq4), andando no quadrante 1 (Aq1) e andando no quadrante intermediário (Aqi). As herdabilidades estimadas para as características Pq1, Pq4, Aq1 e Aqi foram respectivamente, 0,28; 0,43; 0,19 e 0,27 para os dados transformados. Assim, concluise que a seleção pode ser eficiente para alterar as médias destas características
Behavioral traits of a species in the process of domestication are very important, because raising the animal in captivity requires docility and sociability. Therefore, it is necessary to know these traits, because they have relevant consequences for the well-being and the performance of captive birds. The behavior of social reinstatement (CRS) can be evaluated in an open field maze by observing if the bird approachs or not to a conspecific, during five minutes. Thus, the aim of this study was to evaluate the CRS of red-winged Tinamou in order to determine the sources of variation and the genetic parameters of this trait in animals raised in captivity. We performed multivariate analysis, using factor analysis and it was revealed the existence of two distinct groups within the sample the movers and the avoiders. The (co) variances estimates were obtained by bayesian inference using the maximum likelihood, for transformed and non-transformed data. The studies traits were standing in quadrant 1 (Pq1), standing in quadrant 4 (Pq4), displacement behavior the quadrant 1 (Aq1) and displacement behavior in the intermediate quadrant (Aqi), where the first two represent the group of avoiders and the last two, the group of movers. The heritability means estimates for the traits Pq1, Pq4, Aq1 and Aqi were respectively 0.28, 0.43, 0.19 and 0.27 for the transformed data. Thus, we concluded that selection could be effective to change the means of these traits

Descrição

Palavras-chave

Perdiz (Ave) - Seleção, Genetica do comportamento, Domesticação, Red-winged-tinamou - Heritability, Wild bird - Domestication

Como citar

PRANDO, Luciana. Caracterização fenotípica e genética e do comportamento de reintegração social de perdizes (Rhynchotus rufescens) criadas em cativeiro. 2011. xiv, 65 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2011.