Alterações nos atributos de fertilidade em solo adubado com composto de lixo urbano

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2005-10-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira de Ciência do Solo

Resumo

O composto de lixo urbano é um adubo orgânico que vem sendo, com bastante freqüência, utilizado em áreas de produção de hortaliças. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação do composto de lixo urbano na fertilidade do solo, na produção de alface e no acúmulo de nutrientes nas plantas. O experimento foi realizado em casa de vegetação, em colunas de PVC, em delineamento em blocos ao acaso, com cinco tratamentos, doses de 0; 30; 60; 90 e 120 t ha-1 de composto de lixo urbano e oito repetições. As colunas receberam solo das profundidades de 0-20 (tratado com composto de lixo), 20-40 e 40-60 cm de um Argissolo, textura média, e uma muda de alface. Ao final do cultivo, colunas de quatro repetições de cada tratamento foram desmontadas e, nas demais colunas, fez-se um segundo cultivo de alface. A incorporação de composto de lixo urbano na profundidade de 0-20 cm melhorou a fertilidade do solo da própria camada em que foi aplicado e da camada de 20-40 cm, mas não alterou as características da camada de 40-60 cm. A adubação com composto de lixo urbano propiciou aumento do pH e dos teores de MO, P, K, Ca e Mg do solo, na camada de 0-20 cm, e de pH e Ca, na profundidade de 20-40 cm. A melhora da fertilidade do solo com a aplicação de composto de lixo urbano acarretou aumento de produção de alface e provocou maior acúmulo de P, K e Ca nas plantas.
Urban waste compost is an organic manure frequently used in horticultural areas. Thus, the objectives of this study were to evaluate the effects of urban waste compost on soil fertility, on lettuce production and on nutrient accumulation in plants. The experiment was carried out in a greenhouse using PVC columns. It was used a randomized block design with five treatments and eight replications. The treatments consisted of five urban waste compost rates (0; 30; 60; 90; and 120 t ha-1). The columns were filled up with soil from the 0-20 layer (treated with waste compost), 20-40 and 40-60 cm layer of a sandy-loam Alfisol, and one lettuce seedling was planted. At the end of the first cycle, the rings of the columns of four replicates of each treatment were taken apart and another lettuce cultivation was carried out in the remaining four replicate columns. The urban waste compost incorporated at a depth of 0-20 cm improved the soil fertility in this layer and of the 20-40 cm layer, but caused no alteration in the characteristics at the 40-60 cm layer. Fertilization with urban waste compost increased pH, OM, P, K, Ca, and Mg in the 0-20 cm layer and pH and Ca at a depth of 20-40 cm. The improvement of soil fertility with the urban waste compost application increased the lettuce yield and P, K and Ca accumulation by plants.

Descrição

Palavras-chave

organic fertilization, pH, Macronutrients, Lettuce, Adubação orgânica, pH, Macronutrientes, Alface

Como citar

Revista Brasileira de Ciência do Solo. Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, v. 29, n. 5, p. 817-824, 2005.