Caracterização nutricional e parâmetros genéticos de Eucalyptus grandis com aplicação de sub-dose de 2,4-D

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-06-19

Orientador

Guerrini, Iraê Amaral
Zimback, Léo

Coorientador

Pós-graduação

Ciência Florestal - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

A cultura do eucalipto é de ampla distribuição mundial bem como no território nacional. A possibilidade de obtenção de genótipos superiores principalmente relacionado a questão nutricional, são os objetivos dos profissionais de melhoramento florestal. O uso de herbicidas proporcionou ganhos de produtividades para as culturas agrícolas, porém sua utilização direta e benéfica a uma espécie em questão, conhecido recentemente pelo termo hormese, pode ser associado a aplicação de reguladores vegetais. O herbicida 2,4-D possui este efeito e a utilização em uma cultura dicotiledônea e florestal, como a de Eucalyptus grandis, é o objetivo do presente trabalho, bem como mensurar parâmetros genéticos, utilizados em programas de melhoramento para a produção final de clones e na manutenção da variabilidade em futuros cruzamentos. O delineamento do experimento foram blocos ao acaso com 3 blocos de 20 progênies. As análises estatísticas foram teste t de Student, análise agrupamentos, análise de componentes principais scores e ranqueamento.Os nutrientes analisados foram: N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn e Zn. Os resultados demonstraram que houveram diferenças significativas nos nutrientes abordados, macro e micronutrientes bem como no principal caractere produtivo, matéria seca. P, B, Mn e K foram os nutrientes melhores correlacionados com matéria seca. Pela análise de variância de matéria seca as progênies 1, 18 e 17 foram as melhores, com herdabilidade de 0,89. As progênies 10, 15, 20 e mais dois grupos atuariam na manutenção da variabilidade em cruzamentos futuros. As melhores correlações genéticas entre matéria seca e nutrientes envolveram fósforo, boro, manganês e potássio, nesta respectiva ordem. Utilizando o índice de seleção com matéria seca, fósforo, boro, manganês e potássio as melhores progênies foram 1, 3 e 15, com estimativa de ganho de 71,82%.

Resumo (português)

The eucalyptus crop is widely distributed worldwide as well as in the national territory. The possibility of obtaining superior genotypes mainly related to nutritional question, are the objectives of professionals of forest improvement. The herbicides uses provided yield gains for agricultural crops, but their direct and beneficial use to a species in question, recently known by the term hormesis, may be associated with the application of growth regulators. The 2,4-D herbicide has this effect and has use in a dicotyledonous and forest crops, like Eucalyptus grandis, the aim of the present work is to measure genetic parameters, used in breeding programs to the final clones productions and the maintenance of variability in the future crossings. Statistical tests used were Student's t test, cluster analysis, principal component analysis scores and rank. The analyzed nutrients were: N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn and Zn. The results showed that there were significant differences between macro and micronutrients as well as in the main productive character, dry matter. P, B, Mn and K were the best nutrients correlated with dry matter. By the dry matter variance analysis progenies 1, 18 and 17 were the best, with a heritability of 0.89. Progenies 10, 15, 20 and two other groups would act to maintain future variability at future crosses. The best genetic correlations between dry matter and nutrients involved phosphorus, boron, manganese and potassium, in this respective order. Using the index of selection with dry matter, phosphorus, boron, manganese and potassium the best progenies were 1, 3 and 15, with a gain estimate of 71.82%.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados