Efeitos da ação central do peróxido de hidrogênio na ingestão de água, na excreção renal de água e eletrólitos e na expressão de Fos induzidos pela estimulação colinérgica da área sptal medial

dc.contributor.advisorColombari, Débora Simões de Almeida [UNESP]
dc.contributor.authorMelo, Mariana Del Rosso de [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2015-03-23T15:22:48Z
dc.date.available2015-03-23T15:22:48Z
dc.date.issued2011
dc.description.abstractA área septal medial (ASM), situada no prosencéfalo, está envolvida na regulação cardiovascular e no controle do balanço hidroeletrolítico. Esta área é rica em receptores colinérgicos e a ativação dos mesmos induz ingestão de água, natriurese e antidiurese. A ASM também envia projeções aos núcleos paraventricular (NPV) supra-óptico (NSO), os quais contêm os neurônios que secretam vasopressina e ocitocina. Existem evidências experimentais demonstrando que as espécies reativas de oxigênio podem participar do controle de respostas fisiológicas. Resultados recentes de nosso laboratório demonstraram que uma espécie reativa de oxigênio, o peróxido de hidrogênio (H2O2), injetado no ventrículo lateral (VL) reduz a ingestão de água e a resposta pressora induzida por ANG II e carbacol (agonista colinérgico) também injetados no VL. Por isso, o presente estudo teve como objetivo estudar os efeitos da injeção de H2O2 na ASM sobre a ingestão de água, sobre a excreção renal de água e eletrólitos e sobre a expressão da proteína c-Fos no NSO produzidos pela injeção de carbacol também na ASM. Para realizar este trabalho, foram utilizados ratos com cânulas de aço inoxidável implantadas na ASM. A ingestão de água e a excreção renal de água e eletrólitos foram estudadas em ratos que receberam injeções de H2O2 (5 mol/0,5 μl) ou PBS (veículo, 0,5 l) na ASM e, após um minuto, injeção de carbacol (4 nmol/0,5 l) ou salina (NaCl 0,15 M / 0,5 l) também na ASM. A ingestão de água induzida pelo carbacol, através da estimulação colinérgica, foi menor nos ratos que receberam a injeção prévia de peróxido de hidrogênio (8 ± 2,0 ml / 1 h, p<0,05) comparado àqueles que receberam veículo, também na ASM (16,6 ± 1,9 ml / 1 h, p<0,05). Além disso, houve diferença significativa na ingestão de água dos ratos + salina, grupo controle... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo)pt
dc.format.extent47 f.
dc.identifier.aleph000677686
dc.identifier.citationMELO, Mariana Del Rosso de. Efeitos da ação central do peróxido de hidrogênio na ingestão de água, na excreção renal de água e eletrólitos e na expressão de Fos induzidos pela estimulação colinérgica da área sptal medial. 2011. 47 f. Trabalho de conclusão de curso (Farmácia-Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Farmacêuticas, 2011.
dc.identifier.filemelo_mdr_tcc_arafcf.pdf
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/119947
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectPeróxido de hidrogêniopt
dc.subjectExcreção renal de água e eletrólitospt
dc.titleEfeitos da ação central do peróxido de hidrogênio na ingestão de água, na excreção renal de água e eletrólitos e na expressão de Fos induzidos pela estimulação colinérgica da área sptal medialpt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Araraquarapt
unesp.undergraduateFarmácia-Bioquímica - FCFARpt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
melo_mdr_tcc_arafcf.pdf
Tamanho:
584.01 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format