Influência da ingestão alimentar, composição corporal e indicadores bioquímicos sobre a disponibilidade energética em dançarinas de Ballet

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2016-02-26

Autores

Bernardino, Caroline [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A baixa disponibilidade energética, apresenta direta relação com problemas de saúde, podendo afetar desde sistema imunológico, muscular, ósseo, endócrino e reprodutor. Geralmente a preocupação com peso corporal por atletas, freqüentemente verificada em dançarinas, leva a mudanças no comportamento alimentar, sendo este considerado como principal fator desencadeador desde quadro. OBJETIVO: O presente estudo teve como objetivo avaliar a influência do ingestão alimentar, composição corporal e indicadores bioquímicos sobre disponibilidade energética em dançarinas de ballet. MÉTODOS: Em estudo de delineamento transversal, 17 dançarinas de ballet (19,1+7,1 anos) foram inicialmente submetidas a avaliação do consumo alimentar, de forma quantitativa e qualitativa (Recordatório de 24 horas e Questionário de Frequência Alimentar), para posterior cálculo dietético e da disponibilidade energética. Adicionalmente foram submetidas a avaliação de composição corporal (Impedância Bioelétrica), do gasto energético de repouso (Fitmate) e análise de indicadores sanguíneos-bioquímicos. Os dados contínuos foram apresentados em média, mediana e desvio padrão e os categóricos em frequências e percentual. Para análise estatística foi utilizada correlação de Pearson e Regressão Múltipla Stepwise. (p<0,05). RESULTADOS: As dançarinas relataram auto percepção do estado de saúde classificada como boa, sendo que 52,9% já apresentaram quadros de amenorréia. Em relação a composição corporal apresentaram % de gordura elevado para dançarinas (24,5%) e sarcopenia (IMM=6,62kg/m²). 50% da amostra apresentou preocupação com o corpo, sujeitas a transtornos alimentares. A ingestão energética (1248±385 kcal/d) equivaleu a 56% do gasto energético total e a disponibilidade energética inadequada em 82,3% delas (22,48±13,1 kcal/kgMLG/d). A ingestão de carboidrato e a proteína apresentaram as maiores inadequações (94,8% e 83,2% respectivamente), a dieta pode ser considerada como variada (12,3) e de baixa qualidade (67,9 pontos pelo IAS). A disponibilidade energética apresentou correlação positiva com Massa muscular (kg), Valor calórico total (kcal), carboidrato, gorduras e proteína (p<0,05). As variáveis dietéticas mais influentes na disponibilidade energética foram carboidrato e proteína (g/kg) (r²= 0,88 e 0.95; p<0,05). Das variáveis bioquímicas, houve correlação positiva entre densidade calórica com ferro e colesterol (p<0,005), enquanto a variedade da dieta apresentou correlação negativa com Alanina aminotransferase e Índice de Alimentação Saudável com Aspartato aminotransferase (p<0.05). Assim, temos que a adequação nutricional, para suporte a modalidade esportiva, é de extrema importância. O ajuste na ingestão de macronutrientes, principalmente carboidrato e proteína, bem como na qualidade global da dieta, apresentam influencia direta na melhoria da disponibilidade energética e indicadores bioquímicos, otimizando desempenho físico e saúde das dançarinas.
The low energy availability status is directly related to health problems, affecting immune system, muscular, skeletal, endocrine and reproductive systems. Now a days, the athletes used to control the body weight focused on sports performance, commonly verified in dancers, and this behavior is often related to eating disorders. This practice is considered the most important trigger to the worst clinical outcomes. OBJECTIVE: This study aimed to assess the influence of food intake, body composition and biochemical indicators on energy availability in ballet dancers. METHODS: In a cross-sectional study, 17 ballet dancers (19.1+ 7.1 years) were submmited to food consumption assessment, quantitatively and qualitatively (24-hour dietary recall and Food Frequency Questionnaire) followed by diet composition calculation and energy availability determination. The subjects were submitted to Body composition analysis (Bioelectrical Impedance) and resting energy expenditure measurement (Fitmate®). After night fasting period, blood samples was collected to biochemistry indicators analysis. Continuous data were presented as mean, median and standard deviation and categorical data as frequencies and percentages. Statistical analysis was perfomed by Pearson's correlation and Multiple Stepwise Regression. (p <0.05). RESULTS: The dancers reported self-perception of health status rated as good, and 52.9% already had amenorrhea's episodes. In relation to body composition they presented high %fat to dancers (24.5%) and sarcopenia's diagnosis (MMI= 6,62kg/m²). 50% of the sample showed concern with the body, suggesting eating disorders development. Energy intake (1248 ± 385 kcal/d) were equivalent to 56% of total energy expenditure and was detected 82.3% of inadequate energy availability (22.48 ± 13.1 kcal/kgFFM/d). The carbohydrate and protein intake presented the highest inadequacies (94.8% and 83.2% respectively), the diet can be considered as varied (12.3) and low quality (67.9 points by HEI). Energy availability was positively correlated with muscle mass (kg), total caloric intake (kcal), carbohydrate, fat and protein (p <0.05). The dietary energy availability were most influencied by carbohydrate and protein (g/kg) (r²=0.88 and 0.95; p<0.05). There was a positive correlation between caloric density and iron with cholesterol (p <0.005), while dietary variety were negatively correlated with Alanine aminotransferase, as well as Healthy Eating Index with Aspartate aminotransferase (p <0.05). So, we known that food adequacy, based on sports modality, is the major key point. The adjustment of macronutrient intake, especially carbohydrates and protein, as well as the overall quality of the diet, promotes the energy availability and biochemical indicators improvement, optimizing exercise performance and health of the ballet dancers.

Descrição

Palavras-chave

Disponibilidade energética, Tríade da mulher atleta, Ingestão alimentar, Deficiência energética relativa, Energy availability, Relative energy deficiency

Como citar