Produção de Metarhizium anisopliae (METSCH.) SOROK. e Beauveria bassiana (BALS.) VUILL. em diferentes substratos e efeito da radiação ultravioleta e da temperatura sobre estruturas infectivas desses entomopatógenos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2007-02-05

Orientador

Batista Filho, Antonio

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Proteção de Plantas) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Os objetivos deste trabalho foram avaliar diferentes meios de cultura na produção, semi-sólida e líquida, de propágulos de fungos de M. anisopliae e B. bassiana, bem como a tolerância desses propágulos a ação da radiação ultravioleta e da temperatura. Os experimentos foram conduzidos no Laboratório de Controle Biológico do Instituto Biológico, em Campinas, SP. Foram realizados, para M. anisopliae e B. bassiana, 6 repetições para cada um dos 17 tratamentos: amido de milho, arroz integral, arroz parboilizado, arroz tipo 1 (testemunha), arroz tipo 2, aveia em flocos, canjiquinha, farelo de trigo, farinha de mandioca crua, farinha de milho amarela, farinha de trigo especial, fubá, milho em grãos, polvilho azedo, soja em grãos, trigo moído e turfa. A viabilidade foi feita em placas de Petri plásticas contendo BDA. Para os ensaios com radiação ultravioleta e temperatura, utilizou-se a mesma metodologia para a viabilidade, mas cada tratamento sendo exposto à radiação por 0, 25 e 50 segundos e, em diferentes temperaturas: 20, 25, 30 e 35oC. Inoculou-se, em torre de Potter, 2 mL da suspensão de fungo de cada tratamento em lagartas de Diatraea saccharalis. Para a concentração os melhores tratamentos de M. anisopliae e B. bassiana foram: arroz parboilizado tipo 1, arroz tipo 1, arroz tipo 2, farinha de milho amarela, fubá e trigo moído. A viabilidade de todos os tratamentos foi superior a 94,00%; quanto maior o tempo de exposição ao ultravioleta menor foi o número de conídios férteis. À temperatura de 35oC ocorreu perda significativa da viabilidade de conídios e todos os tratamentos se mostraram virulentos. Para a 2 produção líquida de blastosporos de M. anisopliae e B. bassiana, foram avaliados 12 tratamentos, com 6 repetições cada, compostos pelas combinações entre as concentrações de Carbono (C), na forma...

Resumo (inglês)

The goals of this work were to evaluate different medias (semi-solid and liquid) as for the production of M. anisopliae and B. Bassiana propagules, and also the tolerance of these propagules to ultraviolet radiation and temperature. The experiments were carried out at the Biological Control Laboratory of the Instituto Biológico, at Campinas, São Paulo, Brazil. For both M. anisopliae and B. bassiana, 6 repetitions were performed for each one of the 17 treatments: corn stearch, full rice, parboiled rice, type 1 rice, type 2 rice, oat flakes, canjiquinha, wheat flour, raw cassava flour, yellow corn flour, special wheat flour, corn flour, corn in grains, cassava stearch, soy in grains, crushed wheat and turf. The viability analysis was done in plastic plates containing BDA. For each one of the bioassays in ultraviolet and temperature exposition, the same methodology was used for viability analysis, but each treatment was exposed to the UV radiation during 0, 25 and 50 seconds, and at different temperatures: 20, 25, 30 and 35oC. Using the Potter tower, 2 mL of fungus suspension, from each tratment, were inoculated into the Diatraea saccharalis caterpillars. Regarding the sporulation, the best M. anisopliae and B. bassiana treatments were: parboiled rice, type 1 rice, type 2 rice, yellow corn flour, corn flour and crushed wheat. The viability of all the treatments was superior to 94,00%. Also, as longer was the duration of the exposition to the UV, as smaller was the number of fertile conidia. At 35oC, a significant loss of conidia viability was observed, and all the treatments have shown some level of virulence. For the M. anisopliae and B. bassiana blastospores production over liquid media, 12 treatments were 4 evaluated, with 6 repetitions each, composed by the combinations of carbon (C), presented as D-glicose anidra (40% Carbon) and... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

OTTATI-DE-LIMA, Emma Luize. Produção de Metarhizium anisopliae (METSCH.) SOROK. e Beauveria bassiana (BALS.) VUILL. em diferentes substratos e efeito da radiação ultravioleta e da temperatura sobre estruturas infectivas desses entomopatógenos. 2007. viii, 92 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas, 2007.