Quimioestratigrafia do vulcanismo ácido mesozóico da província magmática do Paraná: porção SE do estado de Santa Catarina

dc.contributor.advisorNardy, Antonio José Ranalli [UNESP]
dc.contributor.authorSilva, Diego di Bermudez e [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2015-03-23T15:28:52Z
dc.date.available2015-03-23T15:28:52Z
dc.date.issued2012
dc.description.abstractThe Mesozoic acid volcanism of the Paraná-Etendeka Province can be considered as one of the biggest events of its kind in the Earth's surface, and its study have attracted special interest in characterizing the end of magmatism that preceded the rupture process and the formation of continental Africa and South America Although significant, the acid volcanism featuring Members Chapecó Palmas and Serra Geral Formation represents only 2.5% of the total generated by the magmatic rocks and perhaps therefore the existing literature on these rocks is well less significant than that on the basalts. However, there are still aspects still unclear about the origin and evolution of these rocks in relation to the associated basalts. Thus, two profiles were selected, called RA and TA, which be a systematic collection of samples from the base where the Botucatu Formation sandstones occur at the top, where they observe Palmas acid rock type. These samples should be analyzed for major, minor and trace elements and treated in specific diagrams to define the vertical variation lithochemistry and their possible relationships with the associated basaltsen
dc.description.abstractO vulcanismo ácido mesozóico da Província do Paraná-Etendeka pode ser considerado como uma das maiores manifestações dessa natureza na superfície da Terra, e seu estudo têm despertado especial interesse por permitir caracterizar o fim do magmatismo que precedeu o processo de ruptura continental e a formação da África e da América do Sul. Embora significativo, o vulcanismo ácido que caracteriza os Membros Palmas e Chapecó da Formação Serra Geral representa apenas 2,5% do volume total de rochas geradas pelo magmatismo e talvez por isso, a bibliografia existente acerca dessas rochas é bem menos significativa do que aquela referente à dos basaltos. Porém, ainda há aspectos ainda não esclarecidos acerca da origem e evolução dessas rochas em relação aos basaltos a elas associadas. Assim, dois perfis foram selecionados, denominados RA e TA, onde foi feita uma coleta sistemática de amostras, desde a base onde ocorrem arenitos da Formação Botucatu até o topo, onde se observam rochas ácidas do tipo Palmas. Essas amostras foram analisadas para elementos maiores, menores e traços e tratadas em diagramas específicos para definir a variação litoquímica vertical e suas possíveis relações com os basaltos associadospt
dc.format.extent45 f.
dc.identifier.aleph000695464
dc.identifier.citationSILVA, Diego di Bermudez e. Quimioestratigrafia do vulcanismo ácido mesozóico da província magmática do Paraná: porção SE do estado de Santa Catarina. 2012. 45 f. Trabalho de conclusão de curso (Geologia) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2012.
dc.identifier.filesilva_db_tcc_rcla.pdf
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/121184
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectVulcanismopt
dc.subjectRochas igneaspt
dc.subjectPetrologiapt
dc.subjectGeologia estratigráficapt
dc.subjectQuimicapt
dc.subjectSanta Catarinapt
dc.subjectIgneous rocksen
dc.subjectPetrologyen
dc.subjectGeology, Stratigraphicen
dc.subjectChemistryen
dc.titleQuimioestratigrafia do vulcanismo ácido mesozóico da província magmática do Paraná: porção SE do estado de Santa Catarinapt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claropt
unesp.undergraduateGeologia - IGCEpt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
silva_db_tcc_rcla.pdf
Tamanho:
841.97 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format