Variação populacional de Proceratophrys moratoi (Jim e Caramashi, 1980) (Amphibia: Anura) no Estado de São Paulo

dc.contributor.advisorForesti, Fausto [UNESP]
dc.contributor.advisorAlves, José Carlos Pansonato [UNESP]
dc.contributor.authorCosta, William Pinheiro da [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2014-06-11T19:30:13Z
dc.date.available2014-06-11T19:30:13Z
dc.date.issued2012-02-28
dc.description.abstractVariações populacionais são fatos relativamente frequentes em populações naturais que permitem inferir considerações sobre o caminho evolutivo e a estreita relação dos táxons com o ambiente. Dentre as espécies brasileiras, Proceratophrys moratoi (Anura, Cycloramphidae) é considerada endêmica do Estado de São Paulo e, nas últimas décadas, novas populações foram registradas, verificando-se sutis variações. Diante das novas populações e considerando o grau de importância que as mesmas apresentam para a compreensão da espécie, realizou-se neste trabalho um estudo da variação populacional da espécie com base em caracteres morfométricos, morfológicos e citogenéticos. Para tanto foram examinados 52 indivíduos componentes de cinco populações conhecidas de P. moratoi. Na comparação entre as populações foram utilizados 81 caracteres morfológicos e 15 morfométricos, somando 96 caracteres distintos. Os dados citogenéticos foram obtidos com o uso de técnicas de citogenética básica pela coloração com Giemsa, localização das regiões organizadoras de nucléolo (RONs) e localização da heterocromatina constitutiva. Os valores obtidos pela análise dos 15 caracteres morfométricos foram submetidos à Análise de Componentes Principais, resultando em dois componentes (PC1 e PC2) que permitiram contemplar 73% da variabilidade. A Análise dos Fatores Discriminantes foi significativa e permitiu a formação de três agrupamentos, sendo a população de Botucatu aquela que apresentou melhor estruturação e também a que apresentou valores das médias morfométricas menores em relação às amostras das demais localidades. Os caracteres morfológicos foram analisados através de uma matriz comparativa que permitiu identificar caracteres invariáveis, variáveis intra e inter-populacionalmente e...pt
dc.description.abstractPopulation variations are frequent facts in natural populations that permit to infer considerations about evolution trends and the close relationship between the species and the environment. Among Brazilian´s species, Proceratophrys moratoi (Anuran, Cycloramphidae) is considered endemic in Sao Paulo State and in the last decades new populations have being registered showing such slightly variations. Face the new populations and considering the importance degree they represent for species understanding in this work a study of population variations was performed based on morphometric, morphological and cytogenetic characters. For it 52 individuals were examinaed and distributed into five populations of P. moratoi. In the comparison 81 morphological and 15 morphometric characters were used summing 96 distinct characters. The cytogenetic data were gotten using basic cytogenetics ( Giemsa coloration, NORs and Heterochromatin regions localization ( C-banding).The obtained values through the 15 morphometric characters were submitted under the Principal Components Analysis (PCA) and resulted in two components (PC1 e PC2) that permitted contemplating 73% of variability. The discriminating factors analysis was significant and permitted the three groups formation in which Botucatu´s population was the best structured one and also the one that showed smaller morphometic averages related to other locations.The morphological characters were analyzed through comparative matrix that permitted to identify invariable characters, into and inter-populations variations, and punctual phenotypes. From the 81 morphological characters analyzed, 22 were invariable, 9 were punctual and 50 variable inter and intopopulations. From the 50 variations, 14 were regional ones ocurring only in one population and... (Complete abstract click electronic access below)en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.format.extent68 f.
dc.identifier.aleph000713252
dc.identifier.capes33004064012P8
dc.identifier.citationCOSTA, William Pinheiro da. Variação populacional de Proceratophrys moratoi (Jim e Caramashi, 1980) (Amphibia: Anura) no Estado de São Paulo. 2012. 68 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Instituto de Biociências de Botucatu, 2012.
dc.identifier.filecosta_wp_me_botib.pdf
dc.identifier.lattes0804793944846367
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/99454
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectAnuropt
dc.subjectAnfíbio - Identificaçãopt
dc.subjectMorfologia (Animais)pt
dc.subjectAmphibians - Identificationpt
dc.titleVariação populacional de Proceratophrys moratoi (Jim e Caramashi, 1980) (Amphibia: Anura) no Estado de São Paulopt
dc.typeDissertação de mestrado
unesp.author.lattes0804793944846367
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Biociências, Botucatupt
unesp.graduateProgramCiências Biológicas (Zoologia) - IBBpt
unesp.knowledgeAreaZoologiapt
unesp.researchAreaVariação populacional: morfometria, morfologia e citogenéticapt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
costa_wp_me_botib.pdf
Tamanho:
1.64 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format