Uso do decanoato de nandrolona no tratamento da não união óssea em fraturas do rádio - estudo experimental em coelhos (oryctolagus cuniculus)

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019-07-31

Autores

Dissenha, Adrielly

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O objetivo da pesquisa foi avaliar a eficácia do Decanoato de Nandrolona (DN) em fraturas do rádio após indução da não união óssea por defeito segmentar. Foram utilizados 47 coelhos, da raça Nova Zelândia Branco, com peso médio de 3,8 kg, divididos aleatoriamente em grupos de 8 animais. Os grupos Controle Machos (GCM) e Controle Fêmeas (GCF) foram submetidos à eutanásia aos 45 dias, os grupos Nandrolona Machos (GNM) e Nandrolona Fêmeas (GNF) tratados com aplicações semanais de DN na dose de 10mg/kg, via intramuscular (IM) durante 4 semanas. Os Grupos Placebo Machos (GPM) e Grupo Placebo Fêmeas (GPF), tratados com aplicações semanais de NaCl 0,9% (IM), durante o mesmo período. Foi realizado exame radiográfico após a cirurgia e aos 15, 30, 45, 60, 75 e 90 dias. Os animais dos grupos GNM, GNF, GPM e GPF foram submetidos à eutanásia aos 90 dias. Realizou-se exame de densitometria óssea do rádio dissecado após a eutanásia em todos os grupos, bem como análise histológica. Para as variáveis não-paramétricas utilizou-se o teste de Kruskal-Wallis. Para as variáveis paramétricas foi utilizado o teste Shapiro-Wilk, ambos a 5% de significância. Radiograficamente, os grupos tratados com DN apresentaram média de escore superior aos demais grupos na formação de calo ósseo. Na análise densitométrica, também foi observada uma melhora significativa ao parâmetro de composição mineral óssea (BMC) nos grupos GNM e GNF. Os machos apresentaram maiores médias para os parâmetros conteúdo mineral ósseo local (BMCL) e densidade mineral ósseal local (BDML). Não houve diferença estatística significativa na avaliação histológica.
The aim of research was to evaluate Nandrolone Decanoate (DN) efficacy in radius fractures after induction of bone nonunion by segmental defect. Forty-seven New Zealand White rabbits weighing 3.8 kg were randomly divided into groups of 8 animals. Male Control Group (GCM) and Female Control Group (GCF) were euthanized at 45 days. Nandrolone Male Group (GNM) and Nandrolone Female Group (GNF) treated with weekly doses of DN (10mg/kg) intramuscular (IM) for 4 weeks. Placebo Males Groups (GPM) and Placebo Females Group (GPF) treated with weekly applications of 0.9% NaCl (IM) during the same period. A radiographic examination was performed after surgery and at 15, 30, 45, 60, 75 and 90 days. The groups GNM, GNF, GPM and GPF were euthanized at 90 days. Bone densitometry of dissected radius after euthanasia was performed in all groups as well as histological analysis. For nonparametric variables was used Kruskal-Wallis test. For parametric variables used Shapiro-Wilk test, both at 5% significance level. Radiographically groups were treated with DN presented higher average score than other groups in bone callus formation. In densitometric analysis a significant improvement in bone mineral composition (BMC) was also observed in GNM and GNF groups. Males showed higher media for local bone mineral content (BMCL) and local bone mineral density (BDML). There was no statistically significant difference in histological evaluation.

Descrição

Palavras-chave

Cirurgia veterinaria, Esteróide, Consolidação da fratura, Bone densitometry, Bone regeneration, Bone fractures

Como citar