Formando lotes uniformes de reprodutores múltiplos e usando-os em acasalamentos dirigidos, em populações Nelore

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2003-08-01

Autores

Cardoso, Vânia [UNESP]
Roso, Vanerlei Mozaquatro
Severo, Jorge Luiz Paiva
Queiroz, Sandra Aidar de [UNESP]
Fries, Luiz Alberto [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira de Zootecnia

Resumo

Um programa com base em análise de conglomerados foi desenvolvido com o objetivo de formar lotes de touros geneticamente semelhantes para serem empregados como grupos de reprodutores múltiplos em acasalamentos dirigidos. Para o cálculo das distâncias entre os animais, as diferenças esperadas na progênie (DEPs) de nove características pré e pós-desmama foram padronizadas pelos respectivos desvios-padrão e ponderadas pelos mesmos fatores usados na construção do índice de seleção. O critério de formação dos lotes foi o de minimizar o somatório de todas as distâncias entre todos os possíveis pares de touros. O programa foi testado com 158 touros destaques de um rebanho Nelore. Um conjunto de 4740 vacas do mesmo rebanho foi utilizado para avaliar três situações de acasalamentos, quanto à produção de animais geneticamente superiores: (1) ao acaso; (2) dirigido, por meio do programa de acasalamentos dirigidos (PAD), com monta controlada; e (3) dirigido, por meio do PAD, com grupos de reprodutores múltiplos. Por meio de análise de componentes principais, foram avaliados os biotipos genéticos existentes nestas categorias de animais. Os valores extremos das médias das DEPs dos lotes e as do conjunto de touros foram muito semelhantes, indicando a capacidade do programa de preservar a maior parte da variância total. O uso do PAD, em relação à opção de acasalamentos ao acaso, fez com que as variâncias das DEPs dos produtos fossem triplicadas e, assim, permitiu incremento de 70% no número de animais a receberem o Certificado Especial de Identificação e Produção (CEIP) quando estipulou-se, como valor mínimo para a emissão deste, o menor índice dos 20% melhores produtos dos acasalamentos ao acasos. O primeiro componente principal das vacas indicou que dias para ganhar 240 kg pós-desmama e perímetro escrotal ajustado para idade e peso foram as características menos relevantes para explicar a variabilidade total no pré e no pós-desmama; o segundo discriminou entre animais melhores em desenvolvimento e nas avaliações visuais à desmama e o contrário ao sobreano, e animais com características opostas a estas; o terceiro componente ressaltou diferenças em precocidade reprodutiva. Para os touros e grupos de reprodutores, mesmo após intensa seleção, a maior parte da variação ainda existente esteve associada a diferenças em precocidade.
Cluster analysis principles were used to allot bulls to be used as Multiple Service sires (MS). Expected Progeny Differences (EPDs) on pre- and postweaning traits were used to calculate distances between bulls. EPDs were standardized and weighed to form a final selection index. The criteria to form lots was based on minimizing the sum of all standardized distances for all possible pairs of bulls. The program was tested on a set of 158 top bulls from a Nelore herd. A set of 4,740 breeding cows was used to evaluate three breeding strategies with the goal of producing genetically superior individuals: (1) random mating; (2) single sire under designed matings by a specific program (PAD); and (3) lots of multiple sires under designed matings using PAD. Principal components was used to obtain the genetic biotypes existing in these populations. Extreme values in EPDs amongst MS lots averages and overall were very similar, indicating the program's ability to preserve total variance. Variances of EPDs from calf crops obtained under the use of PAD were increased three fold. Using designed matings by PAD allowed an increase of 70% in the number of animals which would be recognized with official and fiscal benefits in comparison with random mating. First principal components for cows, indicated that most genetic variability is accounted for preweaning traits and visual scores at postweaning; the second indicated animals can be contrasted as good weaners and poor performer at yearling and vice-versa; the third component showed diferences in sexual precocity. For single and multiple sires, despite the stronger selection pressure behind them, most of the remaining genetic variability is associated with differences in precocity (traits associated with early finishing).

Descrição

Palavras-chave

animal breeding, Beef cattle, expected progeny differences, fortran, precocity, selection indexes, diferenças esperadas na progênie, fortran, Gado de corte, Índice de seleção, Melhoramento genético, precocidade

Como citar

Revista Brasileira de Zootecnia. Sociedade Brasileira de Zootecnia, v. 32, n. 4, p. 834-842, 2003.