Pera glabrata (Schott) Poepp. ex Baill. (Peraceae) e sua capacidade atrativa de aves generalistas: uma revisão bibliográfica analisando o seu potencial para a regeneração natural de áreas degradadas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-03-08

Autores

Rosa, Felipe Hans Teixeira

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Este trabalho avalia a possibilidade das interações entre flora e fauna serem utilizadas na restauração ecológica de ambientes degradados, com foco no uso da Pera glabrata (Tamanqueira) para atração de aves frugívoras com alta eficiência na dispersão de sementes. Nesta revisão bibliográfica foram compilados artigos sobre a frugivoria e dispersão de sementes de P. glabrata por aves, os resultados destes artigos foram comparados com trabalhos similares sobre outras espécies vegetais nativas para a identificação das espécies de aves com o maior potencial na dispersão de sementes pelos seus hábitos de forrageio, principalmente o hábito de engolir sementes inteiras. Foram analisadas também, as características morfológicas e fitossociológicas da Tamanqueira, como o seu hábito de vida; altura e forma da copa; períodos de floração e frutificação; morfologia e quantidade de frutos; e sua distribuição ao longo do território nacional. Os resultados obtidos verificaram a capacidade da Tamanqueira em atrair aves de alta eficiência na dispersão de sementes, suas e de outras espécies vegetais, dentre a avifauna amostrada nos artigos analisados destacaram-se Thraupis sayaca, Turdus leucomelas, Dacnis cayana, Vireo olivaceus, Turdus amaurochalinus e Empidonomus varius como dispersoras de uma grande diversidade de plantas zoocóricas nativas. Os hábitos pioneiros da Tamanqueira permitem uma ocupação rápida com o sombreamento das mudas de desenvolvimento lento, enquanto sua frutificação abundante e sua copa perenifólia oferecem alimento e abrigo para as aves locais, o que possibilita a dispersão de sementes da região no local da restauração ecológica. A P. glabrata possui a maior amplitude de distribuição do gênero Pera e foi registrada em vários estados de norte a sul do Brasil, em diversas fisionomias dos biomas brasileiros. A espécie vegetal analisada neste trabalho demonstrou excelente potencial de uso para projetos de restauração ecológica, ajudando na inserção natural de sementes da vegetação regional por zoocoria, podendo ser utilizada em projetos de sucessão ecológica, em conjunto com espécies regionais pioneiras e “clímax”, corroborando a hipótese elaborada neste trabalho.
This work evaluates the possibility of flora and fauna interactions being used in the ecological restoration of degraded environments, focusing on the use of Pera glabrata (Tamanqueira) to attract frugivorous birds with high efficiency in seed dispersal. In this literature review, were compiled articles about frugivory and seed dispersal of P. glabrata by birds, the results of these articles were compared with similar works on other native plant species to identify the bird species with the greatest potential for seed dispersal, by the birds foraging habits, mainly the habit of swallowing seeds whole. The morphological and phytosociological characteristics of Tamanqueira were also analyzed, such as its life habit; crown height and shape; flowering and fruiting periods; morphology and number of fruits; and its distribution throughout the national territory. The results obtained verified the ability of Tamanqueira to attract birds of high efficiency in the dispersion of seeds, from it and other plant species, among the avifauna sampled in the analyzed articles, Thraupis sayaca, Turdus leucomelas, Dacnis cayana, Vireo olivaceus, Turdus amaurochalinus and Empidonomus varius was highlighted as dispersers of a great diversity of native zoochoric plants. The pioneering habits of Tamanqueira allow a quick occupation with the shading of the slowly developing seedlings, while its abundant fruiting and its evergreen canopy provide food and shelter for the local birds, which allows the dispersion of seeds from the region in the ecological restoration site. The P. glabrata has the largest distribution range of the genus Pera and was recorded in several states from north to south of Brazil, in different physiognomies of Brazilian biomes. The plant specie analyzed in this work showed excellent potential for use in ecological restoration projects, helping in the natural insertion of seeds from regional vegetation by zoochory, can be used in ecological succession projects, together with pioneer and "climax" regional species, corroborating the hypothesis elaborated in this work.

Descrição

Palavras-chave

Aves, Frugivoria, Zoocoria, Frugivory, Zoochory, Wildlife

Como citar