Saúde do trabalhador no SUS: desafios e perspectivas frente à precarização do trabalho

dc.contributor.authorLourenço, Edvânia Ângela de Souza [UNESP]
dc.contributor.authorBertani, Íris Fenner [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.contributor.institutionCentro de Referência em Saúde do Trabalhador
dc.contributor.institutionInstituto Municipal de Ensino Superior
dc.contributor.institutionQUAVISSS
dc.date.accessioned2014-05-20T13:27:05Z
dc.date.available2014-05-20T13:27:05Z
dc.date.issued2007-06-01
dc.description.abstractRefletir sobre o campo saúde do(a) trabalhador(a) é o objetivo deste estudo. Busca-se sublinhar o significado das condições de trabalho para o ser humano do ponto de vista da saúde. A premissa não é quantificar, mas inferir que as condições de trabalho podem gerar danos à saúde, mas nem sempre apresentam de imediato a sua relação com o trabalho. São discutidas, a partir da abordagem qualitativa, três situações, as quais contemplam os trabalhos rural, informal e infantil e, como resultado, verifica-se a contradição da categoria trabalho, que, se por um lado é sinônimo de sociabilidade, por outro, contraditoriamente, constitui-se em mecanismo de exclusão social na medida em que é realizado sem o reconhecimento dos direitos sociais e trabalhistas. Verifica-se a expansão de formas de trabalho sem regulamentação, tais como o domiciliar e o familiar e os realizados em locais como a rua e o lixo. Encerra-se a reflexão com destaque ao papel do Sistema Único de Saúde (SUS) na assistência integral à saúde dos(as) trabalhadores(as) e ao desafio de atuar na perspectiva de prevenção e promoção da saúde do trabalhador de modo integrado e articulado aos demais órgãos públicos que atuam nesta área.pt
dc.description.abstractThe objective of this study is to ponder on occupational health, searching for the meaning of work to workers' health. The premise is not to quantify, but to infer that the work conditions can generate damages to health, although this relationship is not always immediately apparent. Three situations that contemplate rural and informal work, as well as child labor are discussed, using a qualitative approach. As a result, the contradiction of work is verified. It could be a synonym for sociability, but on the other hand, it is a mechanism for social exclusion, when conducted without the recognition of the workers' social and labor rights. The expansion of jobs without regulation have been observed such as the ones conducted at home or within families, or on the streets and at the waste landfills. The article ends by discussing the role of the Public Unified Health System (SUS) in the integral assistance to workers' health and the challenge of acting with a preventive perspective and towards occupational health promotion, in a joint effort with other public organization in this field.en
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista
dc.description.affiliationCentro de Referência em Saúde do Trabalhador
dc.description.affiliationInstituto Municipal de Ensino Superior
dc.description.affiliationQUAVISSS
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Graduação e da Pós-Graduação em Serviço Social
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Graduação e da Pós-Graduação em Serviço Social
dc.format.extent121-134
dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S0303-76572007000100011
dc.identifier.citationRevista Brasileira de Saúde Ocupacional. Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO, v. 32, n. 115, p. 121-134, 2007.
dc.identifier.doi10.1590/S0303-76572007000100011
dc.identifier.fileS0303-76572007000100011.pdf
dc.identifier.issn0303-7657
dc.identifier.lattes7361975407662731
dc.identifier.orcid0000-0002-8997-7592
dc.identifier.scieloS0303-76572007000100011
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/8824
dc.language.isopor
dc.publisherFundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO
dc.relation.ispartofRevista Brasileira de Saúde Ocupacional
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceSciELO
dc.subjectsaúde do trabalhadorpt
dc.subjectacidentes de trabalhopt
dc.subjectdoenças do trabalhopt
dc.subjectsaúde pública e políticas públicaspt
dc.subjectoccupational healthen
dc.subjectwork accidentsen
dc.subjectoccupational diseasesen
dc.subjectpublic health and public policyen
dc.titleSaúde do trabalhador no SUS: desafios e perspectivas frente à precarização do trabalhopt
dc.title.alternativeWorkers' health at the Public Unified Health System: challenges and perspectives facing precarious worken
dc.typeArtigo
unesp.author.lattes7361975407662731[1]
unesp.author.orcid0000-0002-8997-7592[1]
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Francapt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
S0303-76572007000100011.pdf
Tamanho:
185.44 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 2 de 2
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
1.71 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição:
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
1.71 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: