Projeto de atenção ao desenvolvimento da identidade profissional do educador

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2003

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Contemplar o funcionamento do ser humano e de suas relações é essencial para o desenvolvimento de um projeto educacional que considere os desafios da atualidade. Partindo-se de uma abordagem psicanalítica dos mecanismos psíquicos que fundamentam os processos educacionais, temos trabalhado com educadores visando o desenvolvimento de sua identidade profissional e ressaltando a importância do professor e o valor de sua formação. A identidade profissional é sustentada principalmente no autoconhecimento e no conhecimento, como um processo que se dá a partir de experiências intersubjetivas, num entendimento “gerado com”. A referida proposta decorre de pesquisa teórica sobre as relações estabelecidas entre psicanálise e educação e da redescoberta de possibilidades metodológicas extensivas ao âmbito educacional. O trabalho foi iniciado em 1997 junto à UNESP de Araraquara atendendo professores das redes públicas e particulares, sob a forma de um curso teórico. Atualmente, ao lado de cursos e grupos de estudos para professores, graduandos e pós-graduandos, a atividade de supervisão constituiu-se ponto central do trabalho. Ela visa ampliar a compreensão dos educadores sobre a experiência educacional, a natureza dos vínculos estabelecidos com o conhecimento e com o processo de ensinar-aprender, ampliando, por conseqüência, os recursos de sua prática. Em 2001, o Projeto contou com 210 participantes em sua maioria professores e pedagogos. O trabalho de supervisão contou com a participação de psicanalistas da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo e de Ribeirão Preto, e da USP de São Paulo. Nas atividades de organização e planejamento contou com a equipe técnica do Centro de Estudos, Assessoria e Orientação “Dante Moreira Leite”- FCL e com 2 bolsistas. Fundamentando-nos nas contribuições de diferentes sistemas da Psicanálise sobre o funcionamento humano e sobre os aspectos intersubjetivos do processo educacional, vimos tratando, dentre outros, dos seguintes temas: constituição do sujeito; intersubjetividade no processo ensino-aprendizagem; inibição intelectual; significação de formar; conhecimento e desejo; criatividade e desenvolvimento humano; afeto e pensamento. As avaliações realizadas pelos participantes, indicam que a possibilidade de ampliação do conhecimento sobre si e sobre as relações que desenvolvem com o alunos, colegas e pais de alunos, tem provocado alterações sobre o lugar tão comumente ocupado pelos educadores entre os extremos da culpa e da onipotência. A ampliação da experiência sobre seus limites e possibilidades, tem permitido ao educador reconhecer-se implicado no processo educativo e, por conseqüência, ressignificar sua identidade profissional.

Descrição

Palavras-chave

Como citar