Teste de condutividade elétrica em sementes de maracujazeiro-amarelo

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-06-01

Autores

Barbosa, Rafael Marani [UNESP]
Leão, Érica Fernandes [UNESP]
Caprio, Carlos Henrique [UNESP]
Vieira, Roberval Daiton [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira de Fruticultura

Resumo

O teste de condutividade elétrica pode proporcionar informações importantes e complementares sobre o potencial fisiológico de sementes em período de tempo relativamente curto, visto que o teste de germinação se completa aos 28 dias para sementes de maracujá. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência do teste de condutividade elétrica na avaliação do potencial fisiológico e padronizar a metodologia para sementes de maracujá-amarelo. Quatro lotes de sementes foram submetidos aos testes de germinação e vigor (primeira contagem, envelhecimento acelerado, índice de velocidade de germinação e emergência de plântulas em casa de vegetação), incluindo o teste de condutividade elétrica, conduzido com 25 e 50 sementes imersas em 50 e 75 mL de água desionizada,e as leituras realizadas após três, seis, nove, 12 e 24 h de embebição. Somente o lote 2 apresentou comportamento de baixo vigor apontado pelos testes de primeira contagem, emergência de plântulas e condutividade elétrica. A determinação do vigor de sementes de maracujá-amarelo por meio do teste de condutividade elétrica pode ser realizada utilizando 50 sementes e 75 mL após 24 h de embebição.
The electrical conductivity test can provide important and complementary information on the physiological potential of seeds in a relatively short period of time, unlike the germination test which is completed in 28 days for yellow passion fruit seeds. Thus, the objective of this study was to evaluate the efficiency of the electrical conductivity test and to standardize the methodology to be for seeds of yellow passion fruit. Four seed lots were tested for germination and vigor (first count, accelerated aging, speed germination index and seedling emergence in green-house) including the electrical conductivity test, conducted with 25 and 50 seeds immersed in 50 and 75 mL of dionized water and the readings taken after 3, 6, 9, 12 and 24 hours of soaking. Only lot 2 showed reduced vigor appointed by the first count test, seedling emergence and electrical conductivity test. The vigor determination of yellow passion fruit through the electrical conductivity test can be performed using 50 seeds in 75 mL of dionized water, with 24 hours of soaking.

Descrição

Palavras-chave

Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg., vigor tests, Germination, Leaching, standardization, Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg., Teste de vigor, Germinação, Lixiviação, padronização

Como citar

Revista Brasileira de Fruticultura. Sociedade Brasileira de Fruticultura, v. 34, n. 2, p. 646-651, 2012.