Escola cidadã: questão acerca da educação escolar em tempos de crise estrutural do capital

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2008-07-04

Autores

Ferracioli, Marcelo Ubiali [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A presente pesquisa objetiva identificar e analisar criticamente a concepção de educação escolar da Escola Cidadã, um importante movimento político-pedagógico contemporâneo. É utilizada como fonte de pesquisa a coleção Guia da Escola Cidadã, onde se encontra sintetizada sua teoria educacional. No primeiro capítulo apresenta-se a história da Escola Cidadã, desde os anos de 1960 com a pedagogia da libertação de Paulo Freire, até o início do século XXI, quando já se consolidara como expressão significativa dos movimentos pela educação popular. No segundo capítulo sintetiza-se o ideário do movimento em questão e caracteriza-se sua concepção de educação escolar: não é um ato de transmissão e assimilação de conhecimento, mas uma mediação no sentido da formação global dos alunos, visando com que aprendam a aprender e melhor se qualifiquem para intervenções pessoais e coletivas, rumo à cidadania plena e planetária. Explicita-se assim a seguinte contradição: como entender a postura afirmativa da Escola Cidadã em prol do acesso ao conhecimento em relação à defesa que faz do “aprender a aprender” como essência do ato educativo? No terceiro capítulo, com base na filosofia marxista, na Psicologia Sócio-Histórica e na Pedagogia Histórico-Crítica, analisa-se esta contradição e aponta-se alguns limites intrínsecos a esta formulação da Escola Cidadã, em especial o esvaziamento dos conteúdos humano-genéricos e o conseqüente papel avesso à formação e emancipação humana no âmbito da educação escolar. Os resultados de pesquisa indicam que tal contradição interna à concepção analisada não pode ser superada sem a necessária negação da tentativa de conciliação entre a centralidade do “aprender a aprender” e a natureza do ensino escolar. Dessa forma, pode-se dizer que este é o equívoco teórico...
The present research aims to identify and to analyze with criticism the educational conception of Escola Cidadã, an important contemporary political-pedagogic movement. It is used as research source the collection Guia da Escola Cidadã, where is synthesized your educational theory. In the first chapter, the history of Escola Cidadã is presented, starting from the years of 1960 with the Paulo Freire's liberation pedagogy, until the beginning of the century XXI, when it had already consolidated as significant expression of the movements for popular education. In the second chapter, the ideal of the movement is synthesized through its ideas and the conception of school education is characterized: it is not a transmission act and knowledge assimilation, but a mediation in the sense of the students' global formation, which objective is to seek the learn to learn and better qualification for personal and collective interventions, heading for the full and planetary citizenship. Explicit the following contradiction: how to understand Escola Cidadã's affirmative posture on behalf of the access to the knowledge in relation to the defense that does of the “to learn to learn” like essence of the educational act? In the third chapter, based on the Marxist philosophy, on the Partnerhistorical Psychology and on the Historical Cultural Pedagogy, this contradiction is analyzed and it is pointed some intrinsic limits about the formulation of the Escola Cidadã, especially the emptiness of the human-related generic contents and its consequent position contrary to the human formation and emancipation in the ambit of the school education. The research results indicate that such a contradiction interns to the analyzed conception it cannot be overcome without the necessary denial of the conciliation attempt among the principal of the “to learn to learn” and the nature... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Educação, Escolas, Cidadania, Conhecimentos, school education, citizen education, Human formation

Como citar

FERRACIOLI, Marcelo Ubiali. Escola cidadã: questão acerca da educação escolar em tempos de crise estrutural do capital. 2008. 91 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, 2008.