Longevidade e parâmetros reprodutivos de Myzus persicae (Sulzer, 1776) (Hemiptera: Aphididae) sobre berinjela em diferentes temperaturas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2005-08-01

Autores

Michelotto, Marcos Doniseti [UNESP]
Chagas Filho, Norton Rodrigues [UNESP]
Silva, Ricardo Adaime da
Busoli, Antonio Carlos [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Resumo

O afídeo Myzus persicae (Sulzer, 1776) (Hemiptera: Aphididae) é uma das principais pragas de diversas culturas em condições de campo ou em cultivo protegido. Este trabalho teve por objetivo avaliar o efeito de diferentes temperaturas na longevidade e nos aspectos reprodutivos de M. persicae sobre berinjela (Solanum melongena L.). O experimento foi conduzido sob condições controladas de temperatura (15, 20, 25 e 30°C), umidade relativa do ar (70 ± 10%) e fotofase (12 horas). As unidades experimentais consistiram de placas de Petri contendo ágar-água solidificado (1%). Nestas placas, os afídeos foram mantidos individualmente sobre os discos foliares de berinjela (3 cm de diâmetro) em uma das temperaturas (tratamentos), com 25 repetições. Foram determinadas as curvas mais ajustadas aos parâmetros biológicos de M. persicae, suas equações de regressão e os respectivos coeficientes de determinação (R²). A temperatura influenciou todos os parâmetros avaliados. As durações dos períodos pré-reprodutivo e reprodutivo de M. persicae variaram de 0,46 dia (25°C) a 1,12 dia (15°C) e de 3,89 dias (25°C) a 19,11 dias (15°C), respectivamente. A fecundidade total e diária foi de 17,63 ninfas/fêmea e 4,38 ninfas/fêmea/dia a 25°C; 43,63 ninfas/fêmea e 4,34 ninfas/fêmea/dia a 20°C; 60,65 ninfas/fêmea e 3,15 ninfas/fêmea/dia a 15°C. A 30°C, não houve reprodução. A duração do período pós-reprodutivo variou de 0,89 dia (25°C) a 3,72 dias (15°C). A longevidade do afídeo diminuiu com o aumento da temperatura, de 23,95 dias (15°C) para 5,06 dias (25°C). Temperaturas entre 15 e 20°C são mais favoráveis a M. persicae.
The aphid Myzus persicae (Sulzer, 1776) (Hemiptera: Aphididae) is one of the main pests in a number of crops both under field and protected conditions. The objective of this work was to study the effect of temperature on longevity and reproductive parameters of M. persicae on eggplant (Solanum melongena L.). The experiment was carried out under controlled conditions of temperature (15, 20, 25 and 30°C), relative humidity (70 ± 10%) and photophase (12 hours). The experimental units consisted of Petri dishes containing agar-water (1%) solidified. Aphids were kept individually on leaf discs of eggplant (3 cm diameter) at each temperature, with 25 replicates. Curves more adjusted to the biological parameters of M. persicae, their regression equations and respective determination coefficients (R²) were determined. All biological parameters were affected by temperature. The prereproductive and reproductive periods of M. persicae varied from 0.46 day (25°C) to 1.12 day (15°C) and from 3.89 days (25°C) to 19.11 days (15°C), respectively. The total and daily fecundity was 17.63 and 4.38; 43.63 and 4.34; and 60.65 nymphs/female and 3.15 nymphs/female/day, respectively, at 25, 20 and 15°C. At 30°C there was no reproduction. The postreproductive period varied from 0.89 day (25°C) to 3.72 days (15°C). The longevity of the aphid decreased with the increase in temperature, from 23.95 days (15°C) to 5.06 days (25°C). Thus, temperatures between 15 and 20°C are more favorable to M. persicae.

Descrição

Palavras-chave

Solanum melongena, aphid, Biology, Reproduction, Solanum melongena, afídeo, Biologia, Reprodução

Como citar

Ciência Rural. Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), v. 35, n. 4, p. 788-793, 2005.