As periferias em Antonio Gramsci

dc.contributor.advisorRoio, Marcos Tadeu Del [UNESP]
dc.contributor.authorSantos, Sara Tatiany Curcio dos [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2014-06-11T19:23:35Z
dc.date.available2014-06-11T19:23:35Z
dc.date.issued2011-03-21
dc.description.abstractAntonio Gramsci é um autor que pensa a partir do ponto de vista das periferias e dos subalternos. Suas reflexões foram fundadas numa sociedade marcada por um desenvolvimento econômico desigual e combinado e tem, como tema central, a Revolução Socialista nas periferias. A hipótese que procuramos demonstrar nesse trabalho é a de que, ao longo das reflexões do revolucionário sardo, existe uma dialética entre centro e periferia, na qual esta última se faz centro sempre que ela expressa uma inovação revolucionária. Para tanto, consultamos essencialmente os cadernos do cárcere (1929-1935), mas também os escritos políticos (1910-1926) e as cartas do autor (1926-1930), realizando um trabalho de exegese. A pesquisa parece demonstrar a pertinência da perspectiva gramsciana para pensar quem é a periferia, de uma forma dinâmicapt
dc.description.abstractThis research aims to investigate the notion of periphery expressed by Gramsci, mainly in the prison notebooks (1929-1935), from the new Brazilian Edition, organized by Carlos Nelson Coutinho. However, the political writings were also consulted (1910-1926) and the letters of the author (1926-1930). The choice of edition is due to the fact that it represents, in an accessible way, the junction of the elements considered positive noted in previous editions. The research seems to demonstrate the relevance of Gramscian perspective to think dynamically the peripheral condition, which suggests we rethink concepts such as the notion of peripheryen
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.format.extent138 f.
dc.identifier.aleph000681665
dc.identifier.capes33004110042P8
dc.identifier.citationSANTOS, Sara Tatiany Curcio dos. As periferias em Antonio Gramsci. 2011. 138 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade dde Filosofia e Ciências, 2011.
dc.identifier.filesantos_stc_me_mar.pdf
dc.identifier.lattes1034829852338994
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/88706
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectGramsci, Antonio, 1891-1937 - Crítica e interpretaçãopt
dc.subjectSocialismo - Aspectos políticospt
dc.subjectComunismopt
dc.subjectFilosofia marxistapt
dc.subjectPhilosophy of praxisen
dc.titleAs periferias em Antonio Gramscipt
dc.typeDissertação de mestrado
unesp.author.lattes1034829852338994
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Filosofia e Ciências, Maríliapt
unesp.graduateProgramCiências Sociais - FFCpt
unesp.knowledgeAreaCiências políticaspt
unesp.researchAreaTrabalho e sociabilidadept

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
santos_stc_me_mar.pdf
Tamanho:
460.36 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format